A Eve Air Mobility, braço da Embraer voltado para mobilidade urbana, anunciou investimento de US$ 94 milhões (aproximadamente R$ 530 milhões) na segunda-feira (1º). O aporte é para o desenvolvimento do eVTOL – veículo elétrico conhecido popularmente como carro voador.

Investimento na Eve Air Mobility, da Embraer, para desenvolvimento de carro voador

  • A Eve Air Mobility, braço da Embraer focado em mobilidade urbana, anunciou um investimento de US$ 94 milhões (aproximadamente R$ 530 milhões) para desenvolver seu eVTOL, veículo elétrico popularmente conhecido como carro voador;
  • O diretor financeiro da empresa, Eduardo Couto, agradeceu a confiança dos investidores e afirmou que os novos recursos, juntamente ao caixa e às linhas de crédito existentes, posicionam a Eve de forma favorável para avançar no desenvolvimento e fabricação do eVTOL;
  • O modelo eVTOL da Embraer, chamado EVE-100, é um “lift+cruise” com oito hélices para decolagem e pouso, um motor elétrico para propulsão, capacidade para transportar até cinco pessoas e autonomia de 100 quilômetros. A empresa planeja desenvolver o primeiro protótipo até o final de 2024. E começar a entregar os modelos do carro voador em 2026.

“Agradecemos a confiança que esses investidores estão depositando na Eve. Os novos recursos, com o caixa e as linhas de crédito existentes, garantem um ótimo posicionamento da Eve, que continua a avançar no desenvolvimento e fabricação do eVTOL”, disse o diretor financeiro da empresa, Eduardo Couto.

publicidade

A empresa conseguiu esse investimento ao emitir novas ações ordinárias – são como pedacinhos da empresa que podem ser comprados. Quem investe nelas, se torna sócio da companhia.

O que se sabe sobre o carro voador da Embraer

Protótipo de carro vador da Embraer em galpão durante montagem
Protótipo de carro voador da Embraer em desenvolvimento (Imagem: Eve Air Mobility/Embraer)

O carro voador da Embraer é um modelo do tipo “lift+cruise”. Isso significa que a aeronave tem rotores para deslocamento vertical e asas para deslocamento horizontal.

publicidade

O EVE-100 tem oito hélices para decolagem e pouso e um motor elétrico para propulsão. A autonomia do eVTOL é de 100 quilômetros – por isso, poderá ser usado para táxi aéreo urbano.

Leia mais:

publicidade

O carro voador será capaz de transportar até quatro pessoas além do piloto – ou cinco pessoas, se o piloto automático estiver ativado. Os trajetos serão desenhados a partir de rotas pré-definidas. E os pousos e decolagens ocorrerão em aeroportos e ventiportos (helipontos para aeronaves elétricas).

A Embraer planeja produzir o primeiro protótipo do eVTOL até o final de 2024, conforme informado pela empresa em abril. A companhia também divulgou que tem três mil modelos do carro voador encomendados, com entregas previstas para começar em 2026.