Carros e Tecnologia

Zazcar

Zazcar encerra aluguel de carros em São Paulo

Sofia Aureli, editado por Matheus Luque 29/11/2019 10h30
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Empresa atuava no setor de 'carsharing' há 10 anos

O aplicativo de compartilhamento de carros Zazcar, anunciou nesta quinta-feira (28) que vai encerrar suas operações para pessoas físicas em São Paulo. Em outras palavras, não será mais permitido alugar carros via Android ou iPhone, serviço que a companhia oferecia há 10 anos.


No entanto, a Zazcar continuará existindo, mas alterando o público-alvo para B2B, ou seja, de empresas para empresas. Apesar de não explicar o porquê do encerramento de atividades para pessoas físicas, o comunicado afirma que a companhia continuará no mercado com vendas de tecnologia para "carsharing".

Reprodução

A Zarcar possuía uma frota de 130 carros na capital paulistana e contava com cerca de 100 pontos de recolhida e devolução de automóveis na cidade. A empresa existe desde 2010, mas há quatro anos passou a cobrar o valor do aluguel baseado na hora e quilômetro, com seguro e consumo de combustível incluso.

Para alugar um carro, era necessário que o usuário fosse até um dos pontos de recolhida, que normalmente ficavam em estacionamentos espalhados pela capital, sobretudo nas zonas Sul, Oeste e Central. Porém, diferente de outros serviços de aluguéis de carro por hora nos EUA e na Europa, a empresa tinha uma limitação que obrigava os motoristas a devolverem o carro no mesmo lugar que retiraram.

Ao que tudo indica, o encerramento das operações de "carsharing" mostra-se um fenômeno cada vez mais presente no Brasil. Casos parecidos aconteceram com outras empresas, como a Pegcar, que atuava em São Paulo, Minas Gerais e Paraná, e teve suas operações encerradas ano passado; e a Fleety, fechada em 2017. A Parpe, que também exercia suas atividades no Brasil, opera temporariamente apenas em Portugal.

Outras empresas também deixaram de oferecer aluguel e mudaram de segmento no mercado. A Olacarro tinha veículos próprios, mas agora vende anúncios dentro da Uber e da 99; enquanto isso, a Urbano passou a oferecer apenas frotas corporativas após anos oferecendo aluguéis de carros elétricos em São Paulo.

Hoje em dia, as empresas que ainda atuam no segmento de compartilhamento de carros são a Turbi, Beepbeep, Moobie e a Vamo, sendo que a última atua em Fortaleza.

 

Via: Folha de SP

Brasil carro Mobilidade mobilidade urbana São Paulo aplicativo serviços de carros aplicativo de transporte
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você