Falcon Heavy

Vídeo mostra como é um foguete 'por dentro'; assista

Vinicius Szafran, editado por Matheus Luque 14/05/2020 19h38
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Animação coloca quatro espaçonaves transparentes lado a lado

Já imaginou como é um foguete por dentro? Um novo vídeo, de aproximadamente nove minutos, mostra como veríamos a decolagem se quatro tipos de foguetes fossem completamente transparentes - mostrando até como o combustível diminui à medida que as naves sobem.


A animação compara os quatro foguetes a seguir, da esquerda para a direita:

  1. Saturn V, uma nave superpesada fabricada pelos Estados Unidos e utilizada pela Nasa entre 1967 e 1973;
  2. O Space Shuttle, famoso ônibus espacial aposentado pela Nasa em 2011;
  3. Falcon Heavy, veículo superpesado da SpaceX que pode transportar astronautas para o espaço pela primeira vez ainda neste mês;
  4. Sistema de Lançamento Espacial da Nasa (SLS), o próximo foguete de cargas pesadas da agência espacial norte-americana, em desenvolvimento desde a aposentadoria do Space Shuttle.

O vídeo separa em cores os vários tipos de combustível utilizados pelos foguetes, em cada um dos estágios das espaçonaves. Confira a animação a seguir:

O combustível vermelho é querosene RP-1, uma forma de querosene extremamente refinada, similar ao utilizado na aviação. O laranja é hidrogênio líquido (LH2), combustível comumente utilizado pela Nasa em seus foguetes. Curiosamente, o LH2 primeiro resfria a ponta do foguete antes de ser inflamado por um oxidante. Por fim, temos oxigênio líquido (LOX), representado em azul. É a forma líquida do oxigênio diatômico que costuma ser usada para inflamar o LH2, como acontece no RS-25 da Nasa, o motor do ônibus espacial.

O SLS em desenvolvimento misturará LH2 e LOX para produzir uma quantidade imensa de energia - e muita água. Devido à baixa densidade do LH2, o SLS precisaria de um tanque de combustível gigantesco. Para evitar isso, os designers incluíram dois reforços de cada um dos lados do foguete, um derivado do que se fazia no Space Shuttle.

O Falcon Heavy e o Saturn V, por sua vez, utilizam a versão refinada de querosene no primeiro estágio, que é descartada quando o foguete atinge uma certa altitude. 

O uso de querosene tem um grande impacto ambiental: a queima cria imensas quantidades de dióxido de carbono (CO2), um dos gases do efeito estufa - situação que pode se agravar se a SpaceX cumprir seus planos de lançar um foguete a cada duas semanas.

O criador do vídeo pensou em inserir o Tesla Roadster - carro de Elon Musk lançado no espaço em 2018 - na animação, mas acabou desistindo da ideia.

Via: Futurism

Nasa espaço foguete spaceX espaçonaves
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você