Cinema e Streaming

Netflix

Indicações ao Globo de Ouro mostram que a Netflix dominou o setor

Vinicius Szafran, editado por Maria Lutfi 10/12/2019 19h50
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Seis anos depois de estrear seu primeiro original, streaming se tornou uma potência

A Netflix está tendo um bom ano no Globo de Ouro. Juntamente com quatro indicações ao prêmio de melhor filme, o serviço de streaming também conquistou 30 indicações em TV e cinema. Em menos de uma década, a Netflix está dominando uma indústria que um dia zombou dela.


Ninguém chega perto da Netflix. A empresa de streaming recebeu 34 indicações, 17 em diferentes categorias de filmes e 17 para diferentes séries de televisão. No entanto, não é o prêmio que importa. O que as indicações ao Globo de Ouro representam é o quão longe a empresa chegou como potência de produção de conteúdo. A Netflix emergindo como a principal concorrente nas categorias de TV e cinema é impressionante, especialmente considerando que, até seis anos atrás, a companhia não estava produzindo séries ou filmes originais.

A Netflix começou a desenvolver seus próprios originais em 2013. "Hemlock Grove", "House of Cards" e "Orange is the New Black" tornaram-se um novo motivo para assinar o serviço. Enquanto a primeira rapidamente sumiu da mente das pessoas, as duas últimas provaram que a Netflix poderia ser mais que apenas um serviço para transmitir outros programas amados pelo público. A empresa poderia fazer os seus.

Reprodução

A empresa recebeu seis indicações ao Globo de ouro naquele ano, incluindo Melhor Drama com "House of Cards". Em 2015, esse número subiu para sete. Impressionante, mas ainda muito longe das 34 indicações deste ano. 

O serviço de streaming superou as expectativas das pessoas sobre o que poderia ser. É a maior plataforma de entretenimento por streaming do mundo, ganhando mais atenção a cada ano. No entanto, a Netflix também é um dos maiores gastadores de Hollywood. A empresa teve um gasto de US$ 15 bilhões em conteúdo neste ano, mais do que quase todas as outras empresas de entretenimento. A companhia aumentou seu orçamento de conteúdo em quase 35% todos os anos desde 2015.

Reprodução

Nem tudo isso se reflete em qualidade. A mediocridade dos filmes e séries originais da Netflix se tornou uma opinião recorrente entre os críticos. Entretanto, gastar mais que os concorrentes e comprar filmes que outras empresas não querem se arriscar - como a compra de "O Irlandês", de Martin Scorsese, que custou US$ 160 milhões - ajuda a manter a Netflix no páreo.

A Netflix se inclina fortemente para o mundo dos filmes de prestígio, licenciando teatros icônicos e trabalhando com alguns dos melhores diretores do setor. O crescimento da Netflix ajudou a criar uma era de streaming que agora engloba a Disney+ e a Apple TV+ (sendo que esta última também recebeu suas primeiras indicações ao Globo de Ouro).

Via: The Verge

Filmes Streaming Netflix empresa séries Filmes&Series series filmes prêmio martin scorsese entretenimento o irlandes
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você