Uber Eats

Uber Eats permite dar gorjeta para restaurantes do app

Luiz Nogueira 09/04/2020 14h04
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Assim como acontece com os entregadores, os usuários também podem ajudar pequenos comércios dando um valor a mais para os estabelecimentos que continuam funcionando

A partir desta quinta-feira (9), usuários do Uber Eats podem deixar uma contribuição a mais para os estabelecimentos onde realizarem pedidos. A famosa "caixinha" é uma forma encontrada pelo aplicativo para que os consumidores possam apoiar os restaurantes que mais gosta e os funcionários que, mesmo em meio à crise atual, continuam trabalhando.


Até então, os usuários poderiam deixar uma gorjeta para os entregadores caso julgassem necessário. Com essa adição, os restaurantes também podem ser beneficiados. Ao finalizar uma compra pelo app, uma pequena caixa de diálogo vai se abrir para que seja possível dar a contribuição extra ao estabelecimento.

De acordo com a empresa, assim como acontece com os entregadores, o valor será repassado integralmente para os locais de venda. Essa nova opção foi somada com os outros compromissos já anunciados pelo Uber Eats para os restaurantes. A ideia das medidas adotadas até o momento é impulsionar a demanda por estabelecimentos menores e independentes.

A iniciativa deve ser um sucesso, assim como a opção de dar gorjetas para os entregadores. O app de entregas divulgou que, em quinze dias, os usuários R$ 475 mil em valores extras de bonificação. O montante foi repassado integralmente para os colaboradores da empresa de todo o Brasil.

Medidas para o momento de crise

Para ajudar a enfrentar o momento delicado que estamos passando, as medidas adotadas pelo Uber Eats visam ajudar os pequenos negócios a aumentar sua renda e se manter.

Alguns restaurantes que vendem pela plataforma receberam a opção de receber seus ganhos diariamente, e não semanalmente como antes. A decisão foi tomada para que os estabelecimentos consigam manter e cuidar do seu fluxo de caixa.

Além disso, a equipe de marketing do aplicativo focou diversas campanhas de divulgação para promover os comércios locais. A ideia é que as pessoas valorizem os comerciantes que continuam trabalhando enquanto as pessoas cumprem as orientações de isolamento.

Por fim, o processo de cadastramento de novos estabelecimentos foi simplificado e acelerado. Com o crescimento da demanda por locais que desejam entregar pela plataforma, a empresa foi obrigada a modificar o processo de registro dos restaurantes locais. No entanto, eles observam que continuam rigorosos com os requisitos de qualidade.


Confira em tempo real a COVID-19 no Brasil:



Aplicativos comércio eletrônico smartphone alimentos uber eats coronavirus
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você