AT&T 5G

5G da AT&T é lançado oficialmente em dez cidades dos EUA

Sofia Aureli, editado por Cesar Schaeffer 13/12/2019 10h12
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Conexão intermediária da operadora busca atuar como "espinha dorsal" da conexão nos Estados Unidos; AT&T já acumula críticas em relação ao 5G

A rede 5G da AT&T foi lançada hoje em dez cidades e coincide, mas não por acaso, com a data em que a empresa começa a vender o Galaxy Note 10 Plus 5G, por US$ 1.300 (aproximadamente R$5.300). desta vez, a conexão 5G chega a todos os clientes nas áreas de cobertura e não apenas aos parceiros de negócios selecionados, como em planos anteriores da empresa.


Quando a nova rede foi anunciada, a promessa abrangia uma cobertura de apenas cinco cidades. Porém, no decorrer deste mês, a empresa dobrou a lista para dez locais: Birmingham, AL; Indianápolis, IN; Los Angeles, Califórnia; Milwaukee, WI; Pittsburgh, PA; Providence, RI; Rochester, NY; San Diego, CA; San Francisco, CA; e San Jose, CA.

O suporte ao 5G exige que os clientes possuam os planos Unlimited Extra ou Unlimited Elite (US$75 e US$85, algo em torno entre R$305 e R$347), que será oferecido sem custo adicional. No entanto, usar 5G contará nos limites de dados mesmo para os planos ilimitados (50GB e 100GB do uso total), o que significa que ele pode acabar rapidamente. Como resposta pela propaganda enganosa, a AT&T foi condenada à pagar uma multa de US$ 60 milhoes (aproximandamente R$ 245 milhões) à Comissão Federal de Comércio dos Estaods Unidos (FTC)

A AT&T apresenta três opções diferentes para o 5G:

  • 5GEConexão “falsa”, pois é apenas o uma atualização do 4G LTE.
  • 5G – Usa espectro de "baixa frequência”, de 850MHz, que tem alcance mais amplo, mas velocidades mais lentas que mmWave (também conhecida como Sub-6 e mais semelhante à rede de 600MHZ recentemente lançada pela T-Mobile);
  • 5G+ – MmWave 5G, com base em frequências de rádio de banda alta. Até agora, é o 5G mais rápido da empresa, mas também o mais limitado. Inaugurado ano passado, ele atende apenas empresas e desenvolvedores selecionados.

A rede que foi lançada hoje é a intermediária entre os planos da AT&T e deve agir como a “espinha dorsal” da cobertura nos Estados Unidos. Apesar da versão 5G+ cobrir 23 cidades, mais que o dobro do que a rede intermediária, ela possui um alcance limitado. Afinal, o mmWave possui baixa capacidade de atravessar edifícios e a rede também está restrita para apenas algumas empresas e desenvolvedores.

Quando isso acontecer, a estratégia da empresa com o 5G deve se tornar semelhante ao plano da T-Mobile e combinar a cobertura do Sub-6 mais lenta e de “banda baixa” com o espectro mmWave mais rápido e localizado para as áreas que precisam de banda extra (pontos turísticos, estádios esportivos, shows, eventos, entre outros).

Além disso, outro plano futuro da AT&T é ampliar o número de cidades que receberão a cobertura do 5G. Já estão na mira para 2020 as cidades de Boston, MA; Bridgeport, CT; Buffalo, NY; Las Vegas, NV; Louisville, KY; e Nova York, NY.

Via: The Verge

AT&T 5G internet móvel EUA rede 5g
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você