Samsung Note 20 e Note 20 Ultra são registrados em versões LTE

Variantes que não possuem conexão 5G devem ser destinadas para alguns mercados específicos, como a Índia, por exemplo

Luiz Nogueira 17/07/2020 09h40
Samsung Galaxy Note 20 Ultra
A A A

De acordo com o site de certificação NBTC da Tailândia, versões LTE do Samsung Galaxy Note 20 e Note 20 Ultra serão lançados em breve. Apesar de mostrar a existência dos aparelhos, o endereço não revela muito em termos de especificações, apenas indica que os dispositivos terão versões que não possuem 5G.


A expectativa é de que essas variantes sejam os dispositivos que estarão disponíveis na Índia. Vale lembrar que o país recebeu no começo do ano versões do tipo para a linha Galaxy S20, que chegou ao mercado indiano com processador Exynos 990 – diferentemente da versão lançada nos Estados Unidos que possui Snapdragon 865.

Embora não se tenha confirmação até o momento, espera-se que o modelo possua alguma variação de preço por não possuir a tecnologia 5G. No entanto, isso talvez não se confirme, já que a linha S20 foi lançada por lá com preço de smartphone premium, mesmo com a diferença no tipo de conexão suportada.

A Samsung deve anunciar os novos integrantes da linha Note durante o evento Galaxy Unpacked, marcado para 5 de agosto. Os aparelhos já vazaram várias vezes, revelando que eles terão o design típico do Note, com formato retangular e a S Pen.

Além da série Note, a apresentação deve contar com o anúncio do Galaxy Watch 3. Há rumores de que o esperado Galaxy Z Fold 2 também possa dar as caras, mas não há nada confirmado, justamente porque ele só deve ser lançado em algum momento entre setembro e outubro.

Conexão 6G

Apesar da Samsung preparar versões de seus próximos smartphones sem 5G para alguns mercados, na Coreia do Sul a empresa já está pensando na geração seguinte, o 6G. Na terça-feira (14) a empresa divulgou um White Paper onde apresenta sua visão para a tecnologia, incluindo requisitos técnicos, tendências sociais, novos serviços, tecnologias candidatas e uma linha do tempo para a padronização.

Para acelerar a pesquisa rumo a esta tecnologia, a Samsung fundou em maio passado seu Centro de Pesquisa Avançada em Comunicação. "Embora a comercialização do 5G ainda esteja em seu estágio inicial, nunca é cedo demais para nos prepararmos para o 6G, porque geralmente são necessários 10 anos do início da pesquisa até a comercialização de uma nova geração de uma tecnologia de comunicação", diz Sunghyun Choi, líder da organização.

"Já iniciamos a pesquisa e desenvolvimento de tecnologias 6G tendo como base a experiência e habilidade que acumulamos no trabalho com múltiplas gerações de tecnologias de comunicação, incluindo 5G. Temos um compromisso em liderar a padronização do 6G em colaboração com vários participantes de setores como a indústria, academia e governo".

A Samsung espera que a conclusão do padrão para as redes 6G e sua data inicial de comercialização possam ocorrer já em 2028, enquanto a comercialização em massa pode ocorrer por volta de 2030. Tanto humanos, quanto máquinas, serão os principais usuários da 6G, que será caracterizada por serviços avançados como realidade estendida (XR) realmente avançada, hologramas móveis de alta fidelidade e réplicas digitais.

Em termos de velocidade de acesso, a empresa espera que o 6G tenha uma taxa de transmissão máxima de 1.000 gigabits (125 MB) por segundo, e uma latência de menos de 100 microssegundos, 50 vezes a taxa de transmissão e um décimo da latência do 5G.

Via: 91 mobiles

LTE Samsung smartphone Índia galaxy note 20
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você