EnglishPortugueseSpanish

Em junho deste ano, o Google apresentou ao Brasil o Google Station, uma plataforma para implantação de pontos de acesso à internet via Wi-Fi de alta qualidade, para tornar a conectividade acessível para todos. A primeira cidade do país a receber a novidade foi São Paulo, que já conta com mais de 200 pontos em espaços públicos como parques, estações de trem e praças, além do Mercado Municipal e do MASP.

Na semana passada, em parceria com a Linktel, o Google lançou uma campanha para convidar mais usuários a acessar o produto, disponível em 24 estações de trem na capital paulista. A campanha conta com formatos de mídia OOH, nas versões impressa e digital, além de um impacto em social media com foco em geolocalização, apenas para pessoas a um quilômetro das estações.

publicidade

Reprodução

Desde o dia 2 de dezembro, as composições da linha Esmeralda da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) contam com uma adesivação especial, lounges com promotores e máquinas para orientar as pessoas sobre como se conectar ao Google Station. No site oficial da novidade, é possível ver o mapa com todos os pontos de acesso implantados.

O Google Station permite que os provedores de serviços de internet configurem, mantenham e gerem receita com suas redes Wi-Fi. Globalmente, o serviço hoje atende mais de 10 milhões de usuários ativos em 1.300 locais na Índia, Indonésia, Filipinas, México, Tailândia, Nigéria, Vietnã e agora no Brasil. A empresa planeja continuar trabalhando com parceiros para lançar centenas de locais do Google Station em todo o país até o final de 2020, conectando assim milhões de brasileiros.

Reprodução

O acesso à internet auxilia o desenvolvimento das cidades, por permitir que serviços de comodidade e agilidade sejam executados, ajudando também a melhorar, de maneira geral, a qualidade de vida das pessoas.

Com muitas pessoas no mundo ainda sem acesso à rede, o empresário americano Elon Musk, dono da Tesla e da SpaceX, pretende utilizar sua empresa espacial para enviar satélites ao espaço e fornecer internet paraa todo o planeta.

Reprodução

Via: Mundo Conectado