A Uber levará em breve seus carros autônomos para as ruas de Washington, capital dos Estados Unidos. A empresa anunciou que começará a coletar dados para apoiar o desenvolvimento de sua frota de veículos autônomos. No entanto, os carros serão operados por motoristas humanos no início, coletando dados de mapeamento e capturando cenários de direção que serão reproduzidos em simulação pelos engenheiros da Uber.

A empresa espera que seus carros autônomos sejam bons condutores. “Nossa primeira esperança é que essa primeira rodada de coleta de dados acionada manualmente estabeleça as bases para testar nossos veículos no modo autônomo em Washington, DC”, disse o Grupo de Tecnologias Avançadas da empresa em comunicado. 

publicidade

A Uber vem conduzindo com muita cautela os seus testes de direção, desde um acidente fatal em Tempe, Arizona, envolvendo um de seus veículos autônomos, em março de 2018. O carro, que tinha uma motorista de segurança, atropelou e matou uma ciclista de 49 anos.

Depois, a polícia disse que a motorista não estava olhando a estrada, e sim assistindo um programa musical em seu telefone no momento do acidente. Após uma longa investigação, o Conselho Nacional de Segurança em Transportes dividiu a culpa entre Uber, motorista, vítima e o estado do Arizona, o que levou o governo federal a se responsabilizar por não regulamentar adequadamente o setor. A empresa foi inocentada de qualquer irregularidade criminal, mais tarde firmando um acordo com a família da vítima.

Os testes foram retomados oficialmente nove meses após o acidente, com SUVs da Volvo operando em circuito fechado no centro de Pittsburgh, onde está sediado o Grupo de Tecnologias Avançadas. A Uber também está coletando dados em São Francisco, Dallas e Toronto. Até o momento, contudo, não autorizou testes em nenhum outro local. A empresa planeja começar os testes com seu veículo de terceira geração este ano.

A Uber não é a única empresa que opera carros autônomos na capital dos EUA. A Argo, startup de veículos autônomos apoiada por Ford e Volkswagen, faz testes desde 2018. A Optimus Ride, sediada em Boston, também opera uma pequena frota nos subúrbios do norte da Virgínia.

Via: The Verge