EnglishPortugueseSpanish

A Disney detalhou durante um evento para investidores os seus planos para dominação mundial – via plataforma de streaming.  Somando mais de 137 milhões de assinaturas, entre ESPN +, Hulu e Disney +, a empresa do Mickey Mouse quer chegar a 350 milhões de usuários pagantes até 2024. E tudo isso por meio de conteúdo original.

Só a Disney + pretende lançar mais de 100 títulos por ano – sendo dez séries “Star Wars” e outras dez da Marvel, bem como quinze filmes em live action e animação, e produções da Pixar. A empresa anunciou ainda o Star+, um serviço de streaming separado que servirá de lar para os conteúdos da Disney Television Studios, FX, 20th Century Studios, 20th Television e outros.

publicidade

Novas séries da Disney: Lucasfilm

Depois dos atrasos causados pela pandemia de Covid-19, a Disney finalmente confirmou a produção da série “Obi-Wan Kenobi”, estrelada por Ewan McGregor, e ainda trouxe uma surpresa para os fãs, com o retorno de Hayden Christensen como Anakin Skywalker/Darth Vader. O estúdio ainda fará duas séries ambientadas na mesma época de “The Mandalorian”: “Rangers of the New Republic” e “Ahsoka”, uma série com a jedi de “Clone Wars” e “Rebels”, que recentemente ganhou uma versão em carne e osso, interpretada por Rosario Dawson.

Novos títulos relacionados ao universo de Star Wars incluem “Andor”, um spin-off do filme “Rogue One”, com o espião vivido por Diego Luna; “Star Wars: The Bad Batch”, “Star Wars: Visions”, “Lando” (a ser confirmada ainda a presença de Donald Glover), “The Acolyte” e “A Droid Story”. O próximo filme da franquia, marcado para dezembro de 2023, será “Rogue Squadron”, dirigido por Patty Jenkins, de “Mulher Maravilha”.

Mas não só de “Star Wars” vive a Lucasfilm. Além da já anunciada continuação de “Willow”, com Warwick Davis retornando no papel-título, o estúdio confirmou um novo filme do Indiana Jones com direção de James Mangold. Outro cineasta de peso, Taika Waititi, adaptará o livro  “Filhos de Sangue e Osso”, de Tomi Adeyemi, para as telonas.

Novas séries da Disney: Marvel Studios

O Universo Cinematográfico da Marvel continuará sua expansão no streaming e nos cinemas. Três novas séries para a Disney + foram reveladas, incluindo “Secret Invasion” estrelado por Samuel L. Jackson, “Ironheart” com Dominique Thorne e “Armor Wars”, estrelando Don Cheadle como James Rhodes/Máquina de Combate.

Produções já anunciadas ganharam trailers, como “WandaVision”, Falcão e o Soldado Invernal”, “Loki”, a série animada “What If… ?”;  “Ms. Marvel” e “Hawkeye”, com Hailee Steinfeld juntando-se a Jeremy Renner. Tatiana Maslany foi confirmada como Mulher-Hulk, na série ao lado de Mark Ruffalo e Tim Roth. “Cavaleiro da Lua”, um especial de Natal dos Guardiões da Galáxia e uma série do Groot também entram na lista.

Entre os longas, a Disney anunciou uma nova fase do MCU com “Homem-Formiga e Vespa: Quantumania”, “Quarteto Fantástico”, que traz de volta ao lar a família mais icônica da Marvel, “Viúva Negra” (cuja estreia foi adiada pela pandemia), “Shang Chi e A Lenda dos Dez Anéis”, “Eternos”, “Doutor Estranho no Multiverso da Loucura”, “Thor: Amor e Trovão”, “Pantera Negra 2” (sem Chadwick Bosemam, falecido este ano), “Blade”, “Capitã Marvel 2” e “Guardiões de o Galaxy Vol. 3”.

Disney/Pixar

O Disney Television Studios, divisão de TV e séries da empresa, adiantou algumas das suas produções para o streaming, incluindo projetos inspirados em clássicos Disney: “A Bela e a Fera”, estrelado por Luke Evans e Josh Gad com nova música composta por Alan Menken; e um remake de “A Família Robinson”. “Zootopia” e “Moana” também viram séries, além de uma nova adaptação de “Percy Jackson”, de Rick Riordan.

Entram na Disney + ainda em 2021 a séries “The Mighty Ducks: Game Changers”, “Big Shot”, “The Mysterious Benedict Society” e “Turner & Hooch”. Entre os filmes, uma leva de continuações e reboots: “Abracadabra 2”, “Três Solteirões e um Bebê”, com Zac Efron e “Doze é Demais” com Kenya Barris e Gabrielle Union.

“Pinóquio” se tornará um garoto de verdade, dirigido por Robert Zemeckis e estrelado por Tom Hanks. Voltaremos à Terra do Nunca com “Peter Pan & Wendy”, estrelado por Jude Law como Capitão Gancho e Yara Shahidi como Tinker Bell. Amy Adams volta ao papel de Giselle em “Desencantada”, enquanto o estúdio prepara uma prequel de “O Rei Leão” e a nova adaptação de “A Pequena Sereia”.

Já a Pixar fará sua estreia nas séries animadas com “Win or Lose”, um exclusivo da Disney + para 2023. Até lá, dois filmes chegam aos cinemas: “Turning Red” do diretor Domee Shi, e “Lightyear”, a história de origem do patrulheiro espacial de Toy Story, com Chris Evans fazendo a voz do herói. O longa-metragem “Soul” e o curta “Burrow” entram na Disney + no próximo dia 25 de dezembro.

Novas séries da Disney: Star, FX e Hulu

O conteúdo adulto da Disney também terá novidades – só não sabemos como chegarão ao Brasil, já que os canais não foram lançados por aqui ainda. As Kardashian/Jenners farão um novo reality show que será distribuído internacionalmente na Star, com estreia prevista para o final de 2021. Também entram no streaming as séries premium “Only Murders in the Building”, “The Dropout”, e “Dopesick”.

Em 2021, a lista de originais da FX inclui “The Old Man”, “American Horror Stories”, “Platform”, “Reservation Dogs” e a adaptação dos quadrinhos “Y: The Last Man”. Mais quatro temporadas de “It’s Always Sunny in Philadelphia” foram confirmadas, além da primeira adaptação para série do clássico de terror de ficção científica “Alien”.

A premiada série dramática de sucesso do Hulu, “The Handmaid’s Tale” (que no Brasil estreou como “O Conto da Aia”), foi renovada para uma quinta temporada.

Via: CNET


Experimente o Disney+. Clique aqui e Assine agora!