Hungria, Eslováquia e Alemanha se adiantaram e começaram a vacinação contra a Covid-19 antes de outros países pertencentes à União Europeia. Recentemente, o bloco havia anunciado que os membros do grupo começariam a imunização no último dia 27 de maneira simultânea. Dessa forma, os três países começaram a vacinar no dia 26, enquanto os outros participantes da UE iniciaram a aplicação do imunizante no dia programado.

Assim sendo, a Hungria, por exemplo, diz ter recebido um lote que 4.875 vacinas. O imunizante que está sendo aplicado nos países em questão é o desenvolvido pela Pfizer em parceria com a BioNTech. Segundo a Reuters, o foco da primeira remessa da proteção visa os trabalhadores da saúde. Desse modo, a primeira vacinada na Hungria foi Adrienne Kertesz, uma médica do Hospital Central Del-Pest, em Budapeste.

publicidade
Três países da União Europeia se adiantaram em relação a outros participantes do bloco e iniciaram vacinação primeiro. Créditos: Haris Mm/Shutterstock

Cabe destacar que a Hungria já registrou 315.362 casos da infecção causada pelo Sars-Cov-2, bem como mais de 8,9 mil mortes pela doença. Além disso, o site de notícias Uol destaca que mais de seis mil pessoas ainda permanecem hospitalizadas em tratamento contra a Covid-19, o que traz grandes desafios para o sistema de saúde do país.

Início da vacinação na UE

A União Europeia iniciou a vacinação contra a Covid-19 no dia 27 com registro de filas. Médicos e profissionais da área ocuparam hospitais e pontos de imunização com o objetivo de receber os primeiros imunizantes. O bloco já fechou parcerias com várias farmacêuticas, inclusive Moderna e AstraZeneca, para cobrir toda a demanda de vacinação.

Apesar disso, alguns países do grupo tiveram atraso no recebimento do imunizante da Pfizer. Pelo menos oito membros da UE não começaram a vacinar ou imunizaram apenas um pequeno grupo de pessoas. Nesse sentido, a Espanha anunciou que teve problemas com o transporte da vacina, que precisa ser armazenada a -70 °C, o que difere significativamente de outros imunizantes.

Vacina escolhida para ser aplicada inicialmente pela UE é a da Pfizer. Créditos: G.Tbov/Shutterstock

De qualquer forma, o Ministério da Saúde espanhol disse que um novo lote da vacina deve chegar ao país nesta terça-feira (29).

Já na Alemanha, alguns governos locais também relataram problemas com a temperatura durante o transporte.

Via: CNN Brasil