EnglishPortugueseSpanish

A Xiaomi está próxima de lançar o modelo de recarga rápida e sem fio de 80 W de potência. Segundo informações postadas no Weibo pelo leaker “Digital Chat Station”, a fabricante já vinha testando o novo formato, que agora se encontra em fase de verificação – passando por confirmações de suas capacidades.

A fabricante chinesa é conhecida por suas baterias de longa duração e veloz recarga – sobretudo nos smartphones. Recentemente, a Xiaomi lançou o Mi 11, seu mais novo flagship, que traz capacidade de recarga rápida sem fio de até 50W, enquanto o atual Mi 10T Pro vai até 33 W.

publicidade

O modelo de 80 W, diz o Digital Chat Station, deve entrar em produção comercial até a metade de 2021. Em outras palavras, a empresa deve revelar o assunto oficialmente em breve.

A Xiaomi exibiu, em caráter demonstrativo, a tecnologia de recarga rápida sem fio de 80 W em outubro de 2020. Na ocasião, uma bateria de 4.000 mAh foi recarregada de 0 a 100% em 18 minutos. Segundo as especificações técnicas, este modelo requer componentes e expertise no mínimo interessantes para existir.

Para os entendidos: um sistema de bobinas compostas e independentes, duas baterias de série 6C – ambas com controle multi-estágio e variável de corrente elétrica, e recurso de recarga rápida MiFC.

Claro, há também o lado negativo. Uma tecnologia de recarga rápida tão avançada, argumentam especialistas, também aceleraria o processo de degradação da bateria. Em outras palavras, ela acaba perdendo sua saúde mais rapidamente, o que pode levar a um consumo maior do que o normal e mais tempo recarregando do que sendo usada.

publicidade
xiaomi recarga 80W
O Mi 10T Pro da Xiaomi conta com recarga sem fio de 33 W de potência, mas fabricante chinesa está prestes a lançar modelo de 80 W. Imagem: Jack Skeens/Shutterstock

Atualmente, a Xiaomi trabalha com o modelo de 50 W em seus dispositivos mais recentes. Neste quesito, ela enfrenta competição da também chinesa Huawei, que oferece o mesmo número em alguns de seus produtos.

Ainda não se sabe qual dispositivo da Xiaomi seria contemplado com o novo recurso, mas dada a proximidade de sua chegada, os especialistas estão de olho principalmente nos próximos smartphones da empresa.

Fonte: Digital Chat Station/Android Headlines