A lista de bichos estranhos presentes na Austrália, que já é extensa, acaba de ficar ainda maior. Pesquisadores descobriram três novas espécies de esponjas marinhas carnívoras na costa do país. Os cientistas utilizaram um veículo submarino remoto (ROV) e um Smith-McIntyre Grab (uma espécie de garra aquática) para fotografar e coletar os seres.

A pesquisa foi publicada na Zootaxa e relata que as três espécies carnívoras descobertas (Nullarbora heptaxia, Abyssocladia oxyasters e Lycopodina hystrix) foram encontradas entre 163 metros e mais de 3 mil metros de profundidade. Na mesma região, eles encontraram uma nova esponja marinha, a Guitarra davidconryi.

publicidade
Espécie de esponja carnívora em imagens microscópicas
Espécie Abyssocladia oxyasters é analisada por câmeras microscópicas. Foto: Merrick Ekins/Divulgação

Para Merrick Ekins, um dos pesquisadores e gerente da coleção de invertebrados marinhos do museu Queensland, isso mostra o quanto de exploração ainda existe nos oceanos. “Essas esponjas em particular são bastante únicas, pois só são encontradas nesta região específica da Grande Baía Australiana — um local que estava programado para exploração de petróleo em alto-mar”, afirma.

Esponjas carnívoras são assustadoras só no nome

A maioria das esponjas do mar comuns têm tecidos com buracos para o fluxo de água, que permitem a extração de oxigênio e alimentos. Elas também são simples: não apresentam sistemas nervoso, digestivo ou circulatório.

Já as criaturas carnívoras descobertas não apresentam esse sistema para fluxo de água. Em vez disso, utilizam seus filamentos para prender crustáceos e outras criaturas pequenas. E, por mais assustador que isso possa parecer, não é refletido na aparência das esponjas, que se parecem muito com anêmonas marinhas ou flores sem algumas pétalas.

Espécie de esponja carnívora
Carnívora, espécie Abyssocladia oxyasters utiliza filamentos para “agarrar” suas presas. Foto: Merrick Ekins/Divulgação

Mais espécies à vista?

Os seres encontrados foram os primeiros exemplares de esponjas carnívoras registrados no sul da Austrália. Nos últimos 20 anos, a mesma equipe documentou a descoberta de 17 espécies de esponjas carnívoras. Com os novos achados, o número total de espécies do tipo registradas no país sobe para 25 e essa quantidade pode estar muito aquém da realidade.

Estima-se que apenas 19% dos oceanos da Terra estejam mapeados. Isso significa que milhares — ou até milhões — de novos seres vivos (incluindo espécies de esponjas marinhas) devem ser descobertos à medida que as explorações do fundo do mar cresçam ao longo dos anos.

Via: Science Alert