O Havaí é o primeiro estado dos Estados Unidos a declarar estado de emergência por causa do aumento do nível do mar. O poder legislativo do estado insular aprovou uma resolução na quinta-feira (29), destacando a ameaça causada pela mudança climática global.

Não é surpresa o arquipélago ser pioneiro. O Havaí enfrenta queda no abastecimento de água potável, elevação do nível do mar mudando o litoral, áreas secas com cada vez mais estiagens e locais úmidos sofrendo com inundações. Como se não bastasse tudo isso, a Agência Nacional do Clima alertou, em 2018, que os recifes de coral havaianos devem sumir até o final do século 21.

publicidade

Leia mais:

Áreas secas estão cada vez mais secas, enquanto locais úmidos enfrentam inundações no Havaí. Imagem: Roberto Nickson/Pexels

“Estou muito satisfeita que o legislativo tenha dado esse passo ao declarar estado de emergência climática. Precisamos tomar atitudes firmes para enfrentar os desafios relacionados à mudança climática, como a elevação do nível do mar, erosão costeira e proteção da nossa infraestrutura crítica”, disse o senador estadual Mike Gabbardi.

Apenas um membro do setor governamental se opôs à resolução, de acordo com o site Grist. Essa não é a primeira vez em que o Havaí toma uma decisão pioneira quando o assunto é aquecimento global. Em 2018, o estado instaurou uma legislação climática para chegar em 2045 neutralizando as emissões de carbono.

O estado de emergência atual é replicado em mais 1.933 cidades e países, incluindo a União Europeia, representando 826 milhões de pessoas. “Grandes marés, erosão costeira, longas secas e chuvas extremas afetaram todas as nossas comunidades nos últimos anos, confirmando que a emergência climática está aqui”, disse Kelly Takaya King, membro do conselho do condado de Maui.

Ela destacou que apenas um trabalho coordenado que chegue à escala e velocidade da mudança climática vai fazer o progresso necessário para proteger o meio ambiente, a cultura e a vida das pessoas.

A conselheira recebeu o coro de Dyson Chee, diretor da Coalização Jovem do Clima do Havaí. “Cada dia que esperamos para tomar uma atitude é um dia perdido. A crise climática é uma ameaça presente para a geração atual e as futuras”, destacou.

Via: Futurism / Grist