EnglishPortugueseSpanish

Onde encontrar matéria escura no espaço? Nos cálculos de uma dupla de físicos, a estranha e hipotética substância trai sua localização com o calor. Rebecca Leane e Juri Smirnov acreditam que planetas gasosos gigantes podem prender a matéria escura, ao sugarem as partículas misteriosas.

Os pesquisadores acreditam que a força gravitacional dos planetas atrai e captura as partículas de matéria escura. Dentro dos gigantes gasosos, essas partículas colidem e se destroem, liberando flashes explosivos de calor. A pesquisa de Leane e Smirnov foi publicada no jornal científico Physical Review Letters.

publicidade

Leia mais:

Esse seria o motivo pelo qual planetas do centro da galáxia são extremamente quentes, diz o estudo teórico da dupla. O miolo da Via Láctea é justamente onde acredita-se que há uma enorme quantidade de matéria escura.

De acordo com a física de astropartículas do MIT e do Centro de Aceleração Linear de Stanford (SLAC National Accelerator Laboratory) Rebecca Leane, em entrevista ao Wired, só o fato de o planeta gasoso passar pelo halo de matéria escura da galáxia faz com que ele sugue um pouco de partículas.

O James Webb Space Telescope será lançado no segundo semestre de 2021. Imagem: Ball Aerospace/NASA

Quando dentro deles, os pedaços batem e desaceleram sempre que atingem um próton. “Ele simplesmente entra, literalmente bate e depois ricocheteia para fora. Mas ricocheteia com bem menos energia”, acrescentou Leane.

Por enquanto, Leane e Smirnov não têm como testar a ideia, mas eles podem sondar o calor desses planetas centrais, com o uso de telescópios como o James Webb Space Telescope, que será lançado no segundo semestre pela Nasa.

O trabalho já recebeu elogios, apesar de ainda não ter sido testado. “É um jeito surpreendente e inventivo de detectar matéria escura”, disse o físico Joseph Bramante, da Queens University. Para ele, encontrar esses planetas extremamente quentes é uma “assinatura” convincente da existência da matéria escura. Ele não integrou o estudo da dupla, mas também pesquisa sobre matéria escura nos planetas.

Via: Futurism