EnglishPortugueseSpanish

Recentemente, descobriu-se que um dia em Vênus dura 243 dias terrestres, sendo esta a maior duração de um dia em nosso sistema solar. Porém, você sabia que demoram apenas 225 dias terrestres para ele dar a volta ao sol? Ou seja, um dia dura mais do que um ano no planeta.

Conheça a seguir outras 6 curiosidades de Vênus.

publicidade

1) Vênus tem órbita incomum

Para começar, o planeta gira ao contrário: do leste para o oeste. Apenas Urano compartilha essa particularidade com Vênus. Assim, o sol nasce do lado oposto ao que estamos acostumados aqui na Terra. Fora isso, Vênus orbita ao redor do sol em um círculo quase perfeito enquanto os outros planetas têm uma órbita em formato de elipse.

2) Vênus é mais quente do que Mercúrio

Apesar de Mercúrio estar mais próximo do Sol, Vênus é o mais quente dos planetas, com uma temperatura que chega a 471ºC. Isso acontece porque a atmosfera densa de Vênus é composta de dióxido de carbono e nuvens de ácido sulfúrico que prendem o calor dentro do planeta em uma versão mais intensa do efeito estufa da Terra.

Lá é tão quente que metais como o chumbo seriam encontrados em forma líquida. Por isso, espaçonaves que já pousaram lá (como a russa Venera 9, em 1975) sobreviveram apenas algumas horas antes de serem destruídas pelo calor e pressão.

3) Como é o planeta?

Vênus é um planeta bastante ativo, com montanhas e vulcões. É bastante parecido com a Terra em vários aspectos: tamanho, massa, densidade, composição e gravidade. Essa similaridade rende a ele o apelido de gêmeo da Terra, embora ele seja um pouco menor, com uma massa equivalente a 80% da do nosso planeta, de acordo com o site Space.

Ilustração em 3D dos rios de lava de Vênus
Ilustração em 3D dos rios de lava de Vênus | Crédito: Jurik Peter / Shutterstock

Normalmente, não é possível observar a cor de Vênus por conta da atmosfera densa e enevoada. Porém, a sonda Magellan conseguiu mapear a superfície inteira de Vênus.

Vista hemisférica de Vênus feita pela sonda Magella em 4 de junho de 1998
Vista hemisférica de Vênus feita pela sonda Magellan em 4 de junho de 1998 | Crédito: Nasa

Leia também:

4) Por que Vênus é o planeta mais brilhante?

Novamente, a atmosfera é a responsável por uma das características mais marcantes de Vênus. A camada espessa e densa de nuvens faz a luz solar ser fortemente refletida, transformando Vênus no planeta mais brilhante do nosso sistema. Aliás, esse brilho venusiano o faz ser confundido com uma estrela e muitos o chamam de Estrela D’Alva (aquela vista no alvorecer) ou Estrela Vésper (a primeira vista no período vespertino).

5) Por que esse corpo celeste não tem lua?

A explicação mais provável é azar – ou, em outros termos, uma janela pequena de possibilidades. Afinal, a área do espaço em que um satélite poderia orbitar de forma estável ao redor do planeta por bilhões de anos é bem estreita.

Se uma lua orbitasse distante de Vênus, ela teria uma trajetória errática e seria capturada pelo Sol. Caso orbitasse próxima do planeta, ela seria destruída pela força gravitacional do próprio astro.

6) Por que o astro não tem campo magnético?

Esse fenômeno se explica por sua baixa velocidade de rotação (de 243 dias terrestres, lembra?) e a ausência de transferência convectiva de calor. Ou seja, qualquer conteúdo metálico líquido do centro de Vênus não giraria rápido o suficiente para gerar um campo magnético mensurável.

De acordo com dados da sonda Magellan, o campo magnético do planeta é 0,000015 vezes mais fraco que o da Terra. Segundo a teoria, esse campo ínfimo é criado por conta da interação da atmosfera venusiana com os ventos solares.

Vista em 3D de Maat Mons, em Vênus, feita pela sonda Magellan em 14 de março de 1996
Vista em 3D de Maat Mons, em Vênus, feita pela sonda Magellan em 14 de março de 1996 | Crédito: Nasa

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!