De olho no público que viveu a era de ouro dos fliperamas e das locadoras de videogame, o Statera Studio lançou a campanha de financiamento do seu próximo jogo, ‘Pocket Bravery’. A produção nacional, que tem como referência clássicos a exemplo de ‘Street Fighter‘, ‘The King of Fighters’ e ‘Fatal Fury’, exibe estética retrô e jogabilidade descomplicada. O lançamento está programado para o segundo semestre de 2022, para PC, Playstation 4, Playstation 5, Xbox One, Xbox Series X/S e Nintendo Switch.

Leia mais:

publicidade

A campanha de financiamento, que pode ser acessada aqui, é na modalidade “tudo ou nada”. Ou seja, caso a meta de US$ 20 mil dólares não seja atingida no prazo, as contribuição serão devolvidas aos apoiadores. Embora a página oficial da campanha aceite contribuições apenas na moeda norte-americana, é possível contribuir também, em outra plataforma, pagando em real, com valores adaptados ao câmbio nacional. Os apoiadores brasileiros ainda terão acesso a recompensas secretas exclusivas. Confira o vídeo da campanha:

Entre as recompensas pela contribuição estão a adição do nome na lista de apoiadores, acesso antecipado ao jogo, artbook digital e outros. As metas estendidas incluem novas modalidades de jogo, adição de novos personagens e o lançamento de uma versão mobile. 

Demo disponível

Quem quiser ter uma amostra mais clara de como será o jogo, pode acessar a demo de ‘Pocket Bravery’ e experimentar uma versão inacabada do game. Mesmo sendo uma prévia, é notável o esmero no aspecto visual. Todo em pixel art, o game tem o jeitão de um título de luta dos anos 1990, mas com o polimento de produções contemporâneas.

Cena do gameplay revela dois oponentes se enfrentando.
Demo do jogo permite experimentar parte dos personagens que estarão na versão final. Crédito: Statera Studio/Divulgação

O estilo SD (super deformed) adotado no design dos personagens é outro ponto que traz charme para o jogo, e também deixa clara outra referência dos desenvolvedores, Pocket Fight e outros títulos similares do Neo Geo Pocket Color. 

Na demo, a movimentação se mostra fluida, com controles simples e responsivos. Além do direcional, apenas quatro botões, dois para socos e dois para chutes, o que deve agradar jogadores mais casuais. Para além dessa camada de simplicidade, é possível executar movimentos especiais a partir da combinação de alguns botões.  

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!