Jovem talento do futebol inglês assassinado em 2006, Kiyan Prince vai receber uma homenagem à altura pela EA Sports. Nesta terça-feira (18), data de 15 anos de sua morte, a companhia anunciou que o jogador fará parte oficial do ‘Fifa 21‘. A divisão da EA Games divulgou a notícia pelo Twitter.

Confira:

publicidade

“Hoje, há 15 anos, Kiyan Prince perdeu a vida”, diz o tweet da companhia. “Hoje, honramos seu legado e o jogador que estava destinado a se tornar.”

Leia mais:

No ‘Fifa 21‘, o jogador será recriado simulando sua idade em 2021, de 30 anos. O envelhecimento de suas feições foi feita com ajuda do estúdio de efeitos visuais Framestore em conjunto aos cientistas da Universidade Bradford, além dos amigos, família e dos antigos colegas e treinador de time de Prince, o Queens Park Rangers.

O Olhar Digital jogou o ‘Fifa 21‘ e conta aqui tudo o que você precisa saber sobre a nova versão.

Prince foi recriado digitalmente com 15 anos a mais. Créditos: Divulgação/EA Games
Prince foi recriado digitalmente com 15 anos a mais. Créditos: Divulgação/EA Games

Falando em seu time, a produtora EA Sports tratou de vestir Kiyan com a camisa do Queens Park Rangers, e de garantir que todas as suas características em campo, seus passes e movimentos de assinatura, também fossem adicionados ao seu “personagem”.

Iniciando a carreira como jogador aos 15 anos de idade, Prince é comumente descrito como “uma promessa não cumprida” por conta de seu trágico destino. Ele foi esfaqueado em 2006, após tentar apartar uma briga.

Em 2019, o estádio do Queens Park Rangers foi renomeado de “Loftus Road” para “The Kiyan Prince Stadium“. Uma organização também foi fundada em homenagem ao jogador, a “Kiyan Prince Foundation“. Ela é responsável por educar jovens ingleses sobre os perigos das armas brancas no país.

Com informações do Twitter, The Kiyan Prince Foundation e do The Guardian.