A cidade chinesa de Guangzhou, capital de Guandong, a província mais populosa da China, está passando por um assustador aumento no número de casos de Covid-19. Segundo a mídia estatal chinesa, o surto se deu por conta da variante Delta do Sars-Cov-2, que foi detectada pela primeira vez na Índia e, acredita-se, é mais transmissível do que outras cepas.

Segundo especialistas, esse é um sinal de que a variante Delta pode fazer com que locais que deram uma boa resposta ao coronavírus, como foi o caso da China, que fechou suas fronteiras e adotou medidas robustas de isolamento social, tenham surtos da doença.

publicidade

Guangzhou tem mais de 15,3 milhões de habitantes. Para efeitos de comparação, São Paulo, a cidade mais populosa do Brasil, tem uma população estimada em 12,3 milhões. Até o momento, foram registrados 96 casos da variante Delta da Covid-19, número que representa a maior parcela de casos da província de Guandong.

Mais do que parece

Pessoas esperam para ser testadas na cidade de Guangzhou, na China. Crédito: Getty Images

Olhando assim, menos de 100 casos pode não parecer muito, mas é um número bastante significativo no contexto chinês, que foi um dos países que melhor conseguiu conter o número de casos de Covid-19 em seu território desde o início da pandemia. Por conta disso, um número de 96 casos de uma variante importada é algo bastante preocupante para as autoridades de saúde chinesas.

Por conta disso, essas autoridades agora estão realizando testes em massa na província de Guandong e bloqueando áreas consideradas de preocupação, em um esforço coordenado para limitar e conter o surto. Restaurantes e locais de lazer, como parques e cinemas, foram fechados e postos de controle estão monitorando quem entra e quem sai de determinados pontos da cidade.

Leia mais!

Entre 26 de maio e 5 de junho, foram realizados mais de 16 milhões de testes na cidade, de acordo com a emissora de TV americana, CNBC. Na média, esse número é maior do que o número de moradores da cidade.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!