O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fez duras críticas às criptomoedas, com destaque à principal delas, o bitcoin, durante uma entrevista à rede de TV fechada Fox Business, concedida na última segunda-feira (7). De acordo com o republicano, as moedas digitais representam forte competição ao dólar americano e, por conta disso, devem ser altamente taxadas.

“A moeda deste mundo [virtual] deveria ser o dólar [americano]”, declarou Trump. “Eu não acho que devemos ter todos os bitcoins do mundo. Eu acho que deveríamos regulá-los e taxá-los muito, mas muito alto”, complementou o ex-presidente. “Não gosto [de bitcoin] porque é outra moeda competindo com o dólar e eu quero que o dólar seja a moeda do mundo”.

publicidade

Leia mais:

Porém, apesar das opiniões fortes e contrárias às criptomoedas, Trump fez poucos esforços por sua regulação e taxação dentro do sistema financeiro dos Estados Unidos durante sua administração, que durou entre 2017 e 2020. Por sua vez, o novo presidente da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC), Gary Gensler, indicado por Joe Biden, deu pistas de que os reguladores podem começar a examinar as bolsas de criptoativos bem de perto, a fim de proteger os mercados de manipulações.

Regulação de criptoativos

China estuda lançar uma moeda digital emitida pelo seu próprio banco central do país. Crédito: Pixabay

De acordo com a Comissão Federal de Comércio dos EUA (FCC), em 2020 houve um aumento considerável no número de criptomoedas, com os consumidores perdendo nada menos que US$ 82 milhões (R$ 412,97 milhões, na cotação atual) para golpistas, entre o quarto trimestre de 2020 e o primeiro trimestre de 2021.

Ao redor do mundo, grandes economias, como a China, têm pensado em formas de migrar gradativamente para moedas digitais. Recentemente, os asiáticos, que são donos do segundo maior Produto Interno Bruto (PIB) do mundo anunciaram que desejam lançar uma moeda digital própria emitida pelo banco central do país. Além disso, o Federal Reserve (FED), que é o banco central americano, já está fazendo estudos para checar a viabilidade de um “dólar digital”

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!