Nesta quarta-feira (23), uma nova carga do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) da vacina Oxford/AstraZeneca chega à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). A remessa está programada para cerca das 20h, no Aeroporto Internacional Tom Jobim (RIOgaleão) .

Sendo assim, o insumo será usado para a produção de 6 milhões de doses. Segundo a Fiocruz, com esse novo lote importado da China, ficam asseguradas entregas semanais até 16 de julho para o Programa Nacional de imunizações.

publicidade

A AstraZeneca garante entregas regulares do ingrediente necessário à produção de imunizantes, conforme o que foi acordado em 2020 no contrato de encomenda tecnológica, informou a instituição. Além disso, há a espera de uma aceleração das próximas remessas de IFA, pois o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos) continua com uma capacidade de produção ociosa.

Até semana passada, a Fundação alcançou o total de 58,8 milhões de doses distribuídas, sendo 54,8 milhões produzidas pela Fiocruz e 4 milhões importadas do Instituto Serum, da Índia.

Leia mais:

Fonte: Agência Brasil

Mais 6 mil litros de insumos para vacina chegam no próximo sábado

Instituto Butantan espera receber mais 6 mil litros de insumos para produção da CoronaVac no próximo sábado (25). A quantidade de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), deve ser suficiente para produzir cerca de 10 milhões de doses da vacina contra a Covid-19.

“A autorização já foi emitida pelo governo da China. O embarque já está preparado. Estamos aguardando apenas autorização para que o voo fretado, que está em Bruxelas, na Bélgica, possa seguir até Pequim para o embarque de 6 mil litros de IFA e chegada no Aeroporto de Viracopos no próximo sábado”, explicou o governador de São Paulo, João Doria.

O instituto recebeu o último lote de insumos para fabricação da CoronaVac no último dia 25 de maio, quando três mil litros chegaram ao Brasil vindo da China. A expectativa do laboratório é entregar 100 milhões de doses da vacina ao Ministério da Saúde até agosto.

Para saber mais, acesse a reportagem completa no Olhar Digital.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!