A competição está acirrada entre as companhias aeroespaciais. Após o lançamento bem-sucedido de sete satélites da Virgin Orbit por meio de um foguete disparado da asa de um avião a jato Boeing 747, nesta quarta-feira (30), o CEO do Virgin Group, Richard Branson, tratou de provocar o concorrente, Jeff Bezos, fundador da Blue Origin. 

Durante uma entrevista no canal televisivo CNBC, Branson fez pouco caso de afirmações de que Bezos poderia chegar antes dele ao espaço. “Você está tentando vencer Jeff Bezos no espaço?”, perguntou a apresentadora Kelly Evans.

publicidade

“Jeff quem?”, brincou o empresário britânico.

Bezos anunciou que embarca no dia 20; Richard Branson se adiantou para 11 de julho

No início de junho, Bezos revelou que ele e seu irmão viajarão para o espaço sideral no dia 20 deste mês. “Desde os cinco anos de idade, sonhava em viajar para o espaço”, disse o americano em nota.

jeff bezos
Jeff Bezos, da Blue Origin, está ansioso para voar para o espaço: sonho de criança.
Imagem: Christos S / Shutterstock

Um dia depois da declaração, começaram a circular rumores de que Branson poderia sair à frente, agendando uma viagem ao espaço a bordo do avião espacial de sua empresa espacial Virgin Galactic para 4 de julho. Nesta sexta-feira (1), ficou confirmado que o voo de Branson será realizado em 11 de julho, 9 dias antes de Bezos.

Leia mais:

Independente da data, Branson, que já está com 70 anos, está pronto para quando puder. “Quando os engenheiros me disserem que posso ir para o espaço, irei para o espaço”, garantiu.

Vale lembrar que tanto o New Shepard da Blue Origin quanto a SpaceShipTwo da Virgin Galactic são capazes de alcançar o limite internacionalmente acordado do espaço, que “começa” a uma altitude de cerca de 100 km, mas não entram em órbita como a cápsula Crew Dragon da SpaceX, a Starliner da Boeing ou a Soyuz russa.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!