Quem cresceu assistindo às séries de canais a cabo como Disney Channel e Nickelodeon, por exemplo, vai entender bem o que significa dizer que ‘Turner e Hooch’ é uma produção para a família. O título estreia na próxima quarta-feira (21), exclusivamente na plataforma de streaming Disney+.

Logo de cara, é importante lembrar que a série é um remake do filme de mesmo título lançado em 1989. Naquela comédia dramática policial, Tom Hanks era Scott Turner, um investigador da Califórnia, que pega Hooch, um cachorro da raça mastim francês, de um amigo morto. O longa rendeu uma série spin-off, da Disney, com Tom Wilson, o Biff Tannen de ‘De Volta Para o Futuro’, no papel principal.

Pôsters de 'Turner e Hooch'
O pôster do filme de 1989 e da série de 2021 da franquia ‘Turner e Hooch’. Imagens: Divulgação

Leia mais:

A nova série é despretensiosa. Ela acompanha a vida de Scott Turner Junior, um detetive de São Francisco, na Califórnia, interpretado por Josh Peck, o que leva a memória novamente de volta às produções dos anos 2000, já que o ator ficou conhecido pelo papel de Josh Nichols em ‘Drake & Josh’, da Nick, entre 2004 e 2007.

publicidade

Como votar no Olhar Digital no segundo turno do Prêmio Influency.me

O primeiro episódio começa apresentando o personagem principal humano ao som de ‘Alright’, de Supergrass, e já mostra alguns elementos de comédia, com uma cena de perseguição que utiliza até o velho truque de puxar o tapete para derrubar o bandido em fuga. Mas, a grande expectativa é: cadê o cachorro?

Afinal, se tem um animal no pôster, os expectadores querem ver o bicho. Não demora muito para que o novo Scott Turner herde do falecido pai um mastim francês também nomeado Hooch. O cão, segundo o pai de Turner, é igual ao Hooch antigo, do começo da franquia.

Para quem tem qualquer tipo de nojo, o que provavelmente não é o caso das crianças e pré-adolescentes, público-alvo da produção, o excesso de saliva do animal incomoda. E, mais uma vez, vários elementos já batidos de filmes que envolvem os policiais K-9: o bicho desobediente que destrói toda a casa, derruba o dono e afins.

Um outro momento também já visto em diversas produções é o mocinho, que ainda sente falta da ex, falar dormindo, achando que está junto da ex-noiva, quando o cachorro lambe e baba todo o rosto dele. Clichê e nojento, já que é um cachorro que tem muita saliva.

Além das próprias histórias independentes de cada capítulo, a série também tem um enredo que permeia todos os episódios. Junto à irmã, Laura, papel de Lyndsy Fonseca (‘Kick-Ass’ e ‘Nikita’), que recupera arquivos de um caso em que o pai estava trabalhando, Scott passa a investigar o que pode ser um grande esquema envolvendo traficantes e outros criminosos.

turner & hooch
Josh Peck interpreta o detetive Scott Turner, que herda o cachorro da raça mastim francês do pai. Imagem: Disney/Divulgação

E, claro, há o romance. Ou melhor, pretende-se um romance. Já que, em mais outro elemento comum a esse tipo de produção, o protagonista não percebe o interesse de Erica Mouniere, interpretada por Vanessa Lengies (‘Glee’), uma treinadora dos cães policiais, que conhece Scott por causa do mau comportamento de Hooch.

O elenco ainda conta com Carra Patterson (‘The Arrangement’), que dá vida a Jessica Baxter, parceira de Scott Turner na polícia, e Jeremy Maguire (‘Modern Family’), sobrinho do detetive. Anthony Ruivivar e Brandon Jay McLaren também estão no elenco principal.

Os episódios de ‘Turner e Hooch’ têm cerca de 45 minutos. Eles serão disponibilizados semanalmente, até outubro, totalizando uma temporada com 12 episódios. Confira a sinopse oficial da série do Disney+:

A vida do jovem e organizado delegado dos U.S. Marshals Scott Turner vira de cabeça para baixo quando ele herda Hooch, um cachorro desastrado e babão. Seu novo animal de estimação é irritante, mas ele acaba ajudando muito Scott a pegar criminosos, encontrar o amor e até resolver o mistério do último caso do pai de Scott.

*Crítica escrita apesar dos protestos da minha gata, que ficou de costas para a série, sentou-se por diversas vezes no teclado do computador e segurou meu braço revoltada pela falta de representatividade dos felinos em ‘Turner & Hooch’.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!