A fabricante taiwanesa Asus está promovendo uma série de atualizações de BIOS em suas placas-mãe, a fim de estar pronta para receber o Windows 11, quando a Microsoft lançar o sistema operacional em (espera-se) outubro de 2011.

As mudanças não são muito extensas no lado do usuário, mas consistem de toda uma variedade de alterações internas para obedecer aos parâmetros mínimos exigidos pela Microsoft para a nova versão do Windows. Na atualização, as placas da Asus já contam até com o Módulo de Plataforma Confiável (TPM) — um recurso obrigatório dentro do Windows 11.

publicidade

Leia também

Imagem mostra uma placa-mãe da linha Republic of Gamers, da Asus, que atualizou suas placas-mãe para receber o Windows 11
As placas-mãe da Asus já estão preparadas para receber o Windows 11. Imagem: Den Rozhnovsky/Shutterstock

A parte do TPM, aliás, é uma boa jogada da Asus, já que a exigência da Microsoft causou confusão entre os consumidores, que não perceberam já estarem dentro desse parâmetro simplesmente porque suas máquinas nomearam o recurso de forma diferenciada: “TPM”, em alguns computadores, se apresenta como “PTT” ou “PSP fTPM” nos ajustes de inicialização.

Ao atualizar o suporte de suas placas-mãe para usar o TPM por padrão, a Asus economiza o tempo do consumidor, que não precisará caçar as partes técnicas de suas máquinas em busca de algo que pode ou não já estar lá.

As atualizações das placas-mãe da Asus para o Windows 11 também contemplam os dois principais fabricantes de processadores do mercado: os produtos da taiwanesa são compatíveis com chips da AMD e Intel, então faz sentido que a atualização funcione para uma ampla variedade de chipsets. Neste caso, por exemplo, mesmo a família “Kaby Lake” da Intel (sétima geração de processadores Intel Core), lançada em 2017, receberá o suporte.

Vale lembrar, porém, que nem toda placa-mãe da Asus conta com a atualização neste momento. O plano da empresa é contemplar toda a base de produtos, mas isso leva tempo. Por ora, a Asus disponibilizou uma lista de placas-mãe já contempladas com as alterações para o Windows 11 em uma página dedicada.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!