O Google está trabalhando no desenvolvimento de um novo recurso de acessibilidade para o Android 12 que deve permitir o controle de um smartphone apenas com expressões faciais. O objetivo é que o usuário consiga mexer no telefone apenas sorrindo ou levantando as sobrancelhas. O recurso deve ser chamado de “Camera Switch” e ser lançado junto com a quarta versão beta do sistema.

O recurso deve ser incorporado a versão 12 do Android Accessibility Suite e ainda não está disponível no Google Play, mas já existem formas, digamos, não oficiais de obter o recurso, que incluem o download do APK para fazer o sideload. Segundo o site XDA Developers, as expressões entendidas pelo sistema também incluem olhar para cima, para baixo, para a esquerda e para a direita.

publicidade
Captura de tela do novo recurso do Android
Os comandos são abrir a boca, sorrir, levantar a sobrancelha, olhar para a direita, para a esquerda ou para cima. Crédito: XDA Developers

Os comandos poderão ser usados para diversos controles, como rolar a tela para baixo e para cima, voltar para a tela inicial, visualizar configurações ou notificações rápidas do smartphone. Capturas de tela mostram que será possível ajustar a sensibilidade do software ao reconhecer expressões faciais, a fim de evitar ativações acidentais.

Gasta bateria

Ao que parece, o controle por expressões faciais tem tudo para ser um recurso bem bacana, principalmente para pessoas que têm certa dificuldade em usar os controles de toque na tela. Porém, nos prints também é possível ver um aviso de que o recurso pode consumir muita energia e que é preferível que o telefone esteja conectado ao carregador quando ele for utilizado.

Captura de tela do novo recurso do Android
Recurso pode gastar mais energia que o habitual, sendo recomendado que o telefone esteja conectado a um carregador. Crédito: XDA Developers

O novo recurso pode ser uma opção interessante para os entusiastas de mexer no telefone sem tocá-lo, como aqueles que curtem ou precisam usar os comandos de voz, mas com a diferença de que as expressões faciais não fazem barulho e podem ser usadas em público, mesmo que possa parecer estranho ver alguém fazendo caretas para o celular dentro de um ônibus.

Foco é a acessibilidade

Porém, o principal objetivo do Google é deixar seu sistema operacional mais acessível para pessoas com deficiência, em um esforço que não começa no Android 12. Na versão anterior do sistema, por exemplo, o Google apresentou uma série de melhorias nos recursos de controle por voz do Android, o que foi seguido por outras atualizações de acessibilidade, como os blocos de ação personalizáveis.

Leia mais:

De acordo com o XDA Developers, o novo recurso realmente deve chegar no final do ano, junto com a versão final do Android 12. Porém, a próxima versão do Accessibility Suite, que inclui o controle por expressões faciais, é compatível com versões anteriores do sistema operacional, como o Android 11, o que sugere que o recurso pode não ser uma exclusividade da nova versão do sistema do Google.

Via: The Verge

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!