Sob pressão por conta de problemas com o piloto automático da Tesla, Elon Musk parece ter cedido – ao menos um pouco. Em resposta a um vídeo de crítica do sistema de direção, por parte de um perfil relativamente pequeno no Twitter, afirmou que o atual sistema de direção “is actually not great imo” – literalmente quer dizer “realmente não é grande emo [em minha opinião]”, mas é naturalmente traduzido para “de fato não é tudo isso”.

Ele também afirma que a equipe de desenvolvimento de inteligência artificial e piloto automático estão correndo para melhorar quão rápido possível. “Estamos tentando criar um módulo único para tanto estradas & ruas [sic] das cidades, mas isso requer um retreinamento massivo de RN [rede neural]”, conclui.

Musk, dessa forma meio casual (ou calculada?), sem tuitar diretamente, talvez esteja se adaptando à pressão recente sobre a Tesla. Após 11 mortes em acidentes envolvendo carros no piloto automático, dois senadores iniciaram uma campanha para processar a Tesla por mentir ao consumidor, dando a entender que seus carros andam sozinhos, quando não são capazes.

Leia mais:

Apesar do escrito no manual de instruções, que o sistema só deve ser usado em estradas e com as mãos no volante, Musk aparece de tempos em tempos com um carro andando sozinho e falando como a capacidade de autonomia será atingida em breve. Em um caso com um motorista andando no banco de trás, ele citou diretamente as falas de Musk como razão para confiar na direção como se fosse um motorista humano. E o sistema, afinal, se chama Full Self Driving (“direção automática plena”). O que entender disso?

Musk deu sequência a seu tweet comentando com a nova versão do sistema, ainda em fase beta:

“Dirigi com o Beta 9.4 de Pasadena para LAX. Melhorou muito!”. LAX é a sigla do aeroporto de Los Angeles, que fica a 43 km da cidade de Pasadena, Califórnia.

Será que esse comentário indica realmente uma avanço ou é parte do famoso otimismo (ou marketing) muskeano? O quão massivo realmente será esse retreinamento da rede neural para funções potencialmente incompatíveis, dirigir na estrada e na cidade? A batalha do piloto automático da Tesla só começou.

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!