O mercado brasileiro de smartphones baratinhos deve receber dois novos integrantes em breve: Nokia C20 e Motorola E20. Os dispositivos foram homologados pela Anatel, e isso significa que as fabricantes já estão liberadas para qualquer venda oficial dos celulares em território nacional.

Começando pelo lado ainda não anunciado, o Motorola E20 já vem aparecendo em algum rumor aqui e ali. O mais recente envolve detalhes importantes, como a presença de bateria com 4.000 mAh, além de Android 11 Go controlando todo o hardware. Boatos também prometem tela de 6,5 polegadas com resolução HD+ (720p, ou 1.600 x 720 pixels) e conexão com redes 4G – nada de 5G.

publicidade

Leia também

O aparelho baratinho da Motorola pode trazer um conjunto duplo de câmeras na parte traseira, sendo a principal com 13 megapixels e a secundária funcionando apenas como ferramenta para medir a distância em fotos com fundo desfocado. Já na frente as selfies devem apresentar 5 megapixels de resolução.

Suposto Moto E20 (Imagem: divulgação/Sudhanshu Ambhore)
Suposto Moto E20 (Imagem: divulgação/Sudhanshu Ambhore)

Os mesmos boatos também apontam um chip Unisoc T606, trabalhando com apenas 2 GB para RAM e 32 GB de espaço interno, com possibilidade de expansão com um microSD. Assim como outros aparelhos mais simples, o Moto E20 deve trazer apenas suporte para redes Wi-Fi de 2,4 GHz.

A homologação da Anatel aponta o Moto E20 com modelo XT2155-1, que trará carregador de 10 watts na embalagem, fone de ouvido e poderá ser fabricado no Brasil pela Flextronics da Amazônia, ou então na planta da empresa no interior paulista, em Jaguariúna.

Android 11 Go está presente no Nokia C20

Já o Nokia C20 foi apresentado oficialmente pela HMD Global no primeiro semestre deste ano e ele traz processador Unisoc SC9863a, 1 ou 2 GB de RAM, 16 ou 32 GB de espaço interno e entrada para cartões microSD. A tela é de 6,52 polegadas em resolução HD+, a mesma do Moto E20.

Nokia C20 (Imagem: divulgação/HMD Global)
Nokia C20 (Imagem: divulgação/HMD Global)

Outra semelhança com o smartphone da Motorola está no Android 11 Go comandando o aparelho, mas o modelo da Nokia utiliza bateria de 3.000 mAh e vem com apenas uma câmera traseira, de 5 megapixels – a mesma resolução utilizada no sensor frontal.

A homologação do Nokia C20 envolve a representante da empresa no Brasil, a Multilaser. A presença de carregador de 5 watts está garantida, assim como de um fone de ouvido modelo JWEP1 199-M01H. Diferente do aparelho da Motorola, o Nokia C20 será importado e a fabricação acontece na Mobiwire Mobiles, na China.

Mesmo com a homologação, ainda não existe previsão de lançamento destes dois celulares.

Via: Insira Ficha.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!