Os Estados Unidos (EUA) e a União Europeia (UE) se uniram oficialmente para regular as grandes empresas de tecnologia do mercado – as famosas big techs -, como Google, Facebook, Amazon e Apple.

De acordo com a agência de notícias Reuters, os dois lados do Atlântico anunciarão sanções que visam impedir o crescente poder de mercado dessas empresas.

publicidade

Ainda não se sabe o que será feito, apenas que o anúncio das medidas acontecerá na reunião do Conselho de Comércio e Tecnologia EUA-UE, em 29 de setembro, em Pittsburgh, nos Estados Unidos.

Apps das principais big techs exibidos em um smartphone
EUA e EU se unem para regular big techs, como Facebook e Google. Imagem: Koshiro K/Shutterstock

O evento deve contar com a presença do secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, a secretária de Comércio, Gina Raimondo, a representante de Comércio dos EUA, Katherine Tai, o chefe de comércio da União Europeia, Valdis Dombrovskis, e a Comissária Europeia para a Competição, Margrethe Vestager.

Segundo o memorando que a Reuters teve acesso, o grupo com foco em regulamentação de tecnologia deve “trocar informações sobre nossas respectivas abordagens de governança de plataforma de tecnologia, buscando convergência onde for viável”.

Leia também!

A reunião das duas maiores potências mundiais ainda deve tratar sobre disseminação de fake news, combate ao discurso de ódio e acesso de dados por pesquisadores. Pautas essas que preocupam as gigantes da tecnologia, as quais são também frequentemente investigadas pelos temas.

Apesar da preocupação, nenhuma das empresas citadas se manifestou sobre a parceria dos Estados Unidos com a União Europeia, nem mesmo o Google que está enfrentando processos antitruste por sua publicidade on-line nos EUA e é investigado pelo mesmo motivo na UE.

Créditos da imagem de destaque: Alexandros Michailidis/Shutterstock

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!