A NASA se prepara para voltar à lua com o Projeto Artemis, que após alguns adiamentos está previsto para ter seu primeiro voo em 2023. No entanto, antes de colocar astronautas no satélite natural da Terra, a agência precisa garantir que eles vão conseguir pousar em segurança no solo lunar.

Por conta disso, diversas empresas estão fazendo propostas para a NASA com projetos para ajudar no pouso das naves. Uma dessas é a Masten Space Systems, que pode permitir que a nave construa sua própria plataforma de pouso enquanto descem na lua.

publicidade

Esse modelo ainda evitaria a necessidade de missões prévias para preparar o terreno. O grande perigo de uma aterrissagem no solo lunar é uma camada de rocha esmagada que se desenvolveu por conta do impacto de meteoritos. Esses pedaços podem danificar a nave durante o pouso, comprometendo a missão.

Pouso na lua
Imagem: Divulgação – Masten Space Systems

Pouso na lua

Justamente por causa desse risco que se cria a necessidade de uma plataforma de pouso segura. O projeto da Masten basicamente pretende fazer os foguetes dispararem partículas de cerâmica no solo lunar. Ao colidir com a superfície, esses pedaços se solidificam e tornam o local seguro para uma aterrissagem.

Em missões anteriores na lua, as naves possuíam um design próprio para o pouso, no entanto, elas ficam limitadas a pousarem em partes específicas da lua. Isso dificulta para os cientistas estudarem outras regiões do satélite.

Leia também

Se conseguir criar uma nave que consiga fazer um pouso em segurança em qualquer lugar da lua, as possibilidades de pesquisa ficam maiores. O objetivo agora é aumentar os testes do programa, ainda não há previsão de quando a tecnologia vai estar pronta para o uso.

O projeto da Masten Space Systems é feito em parceria com a Honeybee Robotics, Texas A&M University e a University of Central Florida. O financiamento ainda conta com o auxílio do NASA Innovative Advanced Concepts, que visa encontrar modelos inovadores para serem aplicados nas missões da agência.

Via Autoevolution

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!