Em fevereiro, a atriz norte-americana e ex-lutadora de MMA Gina Carano foi demitida do papel de Cara Dune na série ‘The Mandalorian’, ou ‘O Mandaloriano’. Para seu lugar na produção pertencente ao universo ‘Star Wars’, os fãs pressionaram a Lucasfilm pela neozelandesa Lucy Lawless. Mas, a situação acabou atrapalhando um projeto da atriz dentro da franquia.

Lawless, a eterna amazona Xena, protagonista da série ‘Xena – A Princesa Guerreira’, revelou que discutia “algo” afiliado a ‘Star Wars’, mas não ‘Mandalorian’. A atriz neozelandesa foi bastante especulada para interpretar a mercenária, mas, ao que tudo indica, a Disney não vai continuar com a personagem.

publicidade

Leia mais:

“Pode ter me prejudicado de alguma forma, porque então eles não puderam me contratar porque parecia estar favorecendo. Estou apenas supondo aqui, eu não sei de nada, mas de certa forma, pode ser inútil, porque se eles agradarem a este grupo de fãs, então como você irá agradar a todos os outros grupos. Sabe o que quero dizer?”, disse, em entrevista ao site britânico Metro.

Apesar do comentário, Lucy Lawless acredita que os fãs pressionaram por sua participação “por amor”. “Agradeço aos fãs por sua fidelidade a mim. Eu não pensei sobre isso desde então, não me deu nenhuma dor, mas foi meu pensamento na época, tipo, ‘ooh, isso me faz parecer uma escolha política’, e não como atriz”, emendou.

Curiosamente, a neozelandesa já participou de uma produção da franquia ‘Star Wars’. No ano passado, ela dublou a rainha dos Aeosians em dois episódios do desenho inspirado nos animes japoneses ‘Star Wars Resistance’. A animação pode ser assistida na plataforma de streaming Disney+.

gina carano o mandaloriano
Gina Carano interpretava Cara Dune em ‘The Mandalorian’. Imagem: Disney/Divulgação

Gina Carano, por sua vez, foi demitida da franquia após diversas postagens em que comparava críticas ao Partido Republicano dos Estados Unidos com a perseguição da Alemanha nazista ao povo judeu. “Como isso é diferente de odiar alguém por suas opiniões políticas?”, chegou a escrever a ex-lutadora nas redes sociais.

“Gina Carano não está atualmente empregada pela Lucasfilm e não há planos para ela no futuro. Suas postagens nas redes diminuindo as pessoas com base em suas identidades culturais e religiosas são abomináveis e inaceitáveis”, dizia o comunicado da Lucasfilm sobre a demissão da atriz.

Sem Carano, a série ‘The Mandalorian’ volta para uma terceira temporada. A data de estreia, porém, ainda não foi divulgada pelo Disney+.

Via: CBR

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!