Não deu muito tempo para Jack Dorsey rir da queda dos serviços do Facebook nesta segunda-feira (4). O Twitter, rede social da qual ele é CEO, apresentou instabilidade nesta tarde também. Mas, o problema dele foi diferente e não chegou a derrubar o microblog completamente.

De acordo com o Downdetector, plataforma online que atualiza em tempo real sobre o status de vários sites e serviços, registrou um pico de reclamações sobre a instabilidade do Twitter às 16h26 desta segunda. Mais de 40% dos usuários reclamaram dos problemas no aplicativo móvel da rede social, enquanto 30% citaram a versão para navegador.

publicidade

Leia mais:

Imagem: Captura de tela

É muito mais provável que a instabilidade sentida pelos usuários do Twitter tenha acontecido justamente por culpa deles mesmos. Com a queda dos serviços do Facebook, muitas pessoas recorreram a rede do passarinho azul para continuar com suas publicações e mensagens, de acordo com o site Digital Trends.

Entre as reclamações, estão problemas intermitentes para carregar tuítes, tanto na linha do tempo quanto para links individuais das postagens. Isso é justificado pelo grande tráfego sentido pela rede social de Jack Dorsey.

Outros sites e aplicativos também sentiram instabilidade, como os das instituições financeiras Itaú, Nubank e Bradesco. Até o Telegram, que assim como o Twitter enfrentou um grande fluxo de migração de usuários, sofreu um pouco de lentidão.

Queda nos serviços do Facebook

Desde mais ou menos meio-dia, tanto o site fundado por Mark Zuckerberg, quanto Instagram e WhatsApp, posteriormente comprados por ele, sofreram uma queda. O Facebook investiga o que aconteceu. “Estamos cientes de que as pessoas estão tendo dificuldade para acessar nossos aplicativos e produtos. Estamos trabalhando para que tudo volte ao normal o quanto antes”.

Mike Schroepfer, CTO do Facebook, voltou a pedir desculpas, já que os serviços ainda não foram restabelecidos. “Sinceras desculpas a todos impactados pelas interrupções dos serviços do Facebook neste momento. Estamos tendo problemas de conexão e nossas equipes estão trabalhando o mais rápido possível para restaurar o quanto antes”, escreveu, no Twitter.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!