A EA anunciou surpreendentemente que está considerando um novo nome para a série de jogos de futebol a partir do próximo título, que seria o ‘FIFA 23‘. Curiosamente, a mudança ocorreria poucos dias depois que a rival Konami lançou o ‘eFootball 2022’ no lugar da franquia de longa data ‘Pro Evolution Soccer’ (PES) – algo que gerou furiosos comentários nas redes sociais, críticas desastrosas e até pedidos de desculpas.

O comunicado da empresa veio como parte de um release à imprensa comemorando o fim de semana de abertura do ‘FIFA 22,’ que contou com 9,1 milhões de jogadores, 7,6 milhões de equipes no Ultimate Team e 460 milhões de partidas. Se a mudança de fato ocorrer, encerraria uma associação de quase três décadas entre a EA Sports e a maior organização internacional de futebol.

publicidade

“Embora estejamos apenas no início de nossa jornada com você no jogo deste ano, também estamos focados em onde iremos a partir daqui”, escreveu Cam Weber, vice-presidente da EA Sports. “Estamos aqui para criar as melhores experiências para os fãs de futebol em todos os lugares. Conforme olhamos para o futuro, também estamos explorando a ideia de renomear nossos jogos globais de futebol”.

FIFA 23 muda nome
‘FIFA 23’ pode marcar uma mudança de nome da franquia da EA. Imagem: EA Sports/Divulgação

“Isso significa que estamos revisando nosso contrato de direitos de nomes com a FIFA, que é separado de todas as nossas outras parcerias e licenças oficiais em todo o mundo do futebol”, explicou o executivo, que não deixa claro porque está fazendo a consideração no momento – embora o nome da entidade tenha ganhado associações menos favoráveis nos últimos anos.

Para quem não sabe, a FIFA (Fédération Internationale de Football Association) é o órgão internacional que rege as associações de futebol e tudo relacionado ao esporte, mas está envolvida em várias (várias mesmo) polêmicas há muitos anos, incluindo grandes escândalos de corrupção.

A EA também não especifica no comunicado como a marca pode ser renomeada, mas se refere repetidamente à franquia como “nossos jogos de futebol da EA Sports”, em vez de ‘FIFA’. Vale ressaltar que a EA e a entidade máxima do futebol fizeram parceria pela primeira vez para em 1993, para o ‘FIFA International Soccer’, com pelo menos um novo game lançado a cada ano desde então.

Desde então, tornou-se uma das séries de jogos mais vendidas da história dos videogames. Por tal razão, a mudança seria ainda mais chocante do que a reformulação da marca ‘eFootball’ da Konami – afinal, o próprio jogo já teve diversos nomes: ‘International Superstar Soccer’, ‘Winning Eleven’ e, por fim, ‘PES’. Em contraste, a franquia de futebol da EA foi lançada sob a bandeira da FIFA desde o início, em 1993, no Sega Genesis/Mega Drive.

FIFA 22
EA pode trocar nome da franquia ‘FIFA’ após cerca de 30 anos. Imagem: EA Sports/Divulgação

O momento para a troca nome também é curioso. Em 2013, a EA assinou um acordo com a FIFA que termina em 2022 – cobrindo jogos, propaganda e etc. Ao tornar público a decisão de mudança, a empresa pode estar preparando as massas de compra para o ‘FIFA 23’ surgir com um novo nome, ou pode estar esperando que a ameaça de perder o título oficial da série reduza o preço pedido da licença mundial.

Em relação às licenças individuais, como com a UEFA, Premier League e Série A, não são afetadas pelo contrato com a FIFA. Todas as competições permanecerão, portanto, em ‘FIFA 23’, ‘EA Sports Football 23’ ou qualquer que seja o novo título da próxima edição.

No fim do comunicado, Weber deixa bem claro que, apesar da possibilidade de abandonar uma licença familiar, os jogos de futebol da EA Sports não perderão o “compromisso de recriar o futebol profissional da vida real”. “Ao longo de anos construindo nossa franquia global, também sabemos que autenticidade é essencial para a experiência”, afirmou o vice-presidente.

“É por isso que focamos tanta energia na força coletiva de mais de 300 parceiros licenciados individuais que nos dão acesso a mais de 17 mil atletas em mais de 700 equipes, em 100 estádios e mais de 30 ligas em todo o mundo. Investimos continuamente nas parcerias e licenças que são mais significativas para os jogadores […] A amplitude de nossas parcerias e nosso ecossistema de conteúdo licenciado nos permitirá continuar a trazer autenticidade incomparável em nossos jogos de futebol da EA Sports, agora e por muitos anos”, concluiu.

Enquanto não há uma notícia oficial sobre a mudança de nome da franquia, ‘FIFA 22’ foi lançado recentemente para PlayStation 5 (PS5), PlayStation 4 (PS4), Xbox One, Xbox Series X/S, Nintendo Switch e PC. No review (leia aqui) feito pelo Olhar Digital, afirmamos que o novo jogo “evolui na nova geração de consoles com gráficos incríveis”.

Leia mais:

Fontes: GamesRadar+ e IGN

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!