O Google acrescentou alguns recursos no Android 12 para empresas que permitem administrar smartphones remotamente. O objetivo do “modo trabalho” é tornar o sistema operacional mais confiável e seguro possibilitando que equipes de TI tenham autonomia para monitorar acessos e até mesmo controlar dados USB em aparelhos corporativos.

De acordo com o Google, o Android 12 dará aos administradores de TI a opção de decidir quais métodos de entrada (teclados) os usuários poderão utilizar, evitando assim o risco de que apps de terceiros capturem informações sigilosas das empresas.

publicidade

Eles também terão a opção de desativar a sinalização USB para conexões que não sejam de carregamento. Isto é, o dispositivo não poderá se conectar a laptops ou acessórios. Além disso, o Google destaca outros recursos como a “divisão de redes 5G” que permite segmentar a conexão apenas para aplicativos de trabalho.

Na prática, as limitações vão além de medidas para evitar que o usuário perca o foco ou utilize o aparelho para questões além do trabalho, mas garante um ambiente seguro de invasões. De acordo com o Google, a segmentação de redes pode garantir que arquivos confidenciais sejam acessados apenas em ambientes seguros, enquanto outros aplicativos ainda estarão disponíveis sob as bandas 4G.

De acordo com a empresa, estas mudanças devem ser implementadas na versão estável do Android 12 após o lançamento do Pixel 6 no final deste mês.  Um evento online será realizado pelo Google em 27 de outubro para profissionais de TI que quiserem saber mais sobre os novos protocolos de segurança do OS.

Android 12: "modo trabalho'' vai permitir que empresas controlem smartphones remotamente. Imagem: Google/Divulgação
‘Modo trabalho’ poderá desabilitar remotamente acesso aos microfones e câmeras dos smartphones corporativos. Imagem: Google/Divulgação

Leia mais:

Android 12

O Android 12 foi lançado oficialmente nesta segunda-feira (4/10) e deve chegar aos smartphones topo de linha em breve. O primeiro a receber uma versão completa do sistema é o Pixel 6 – smartphone do Google com lançamento previsto para o dia 19 de outubro.

Além disso, outras fabricantes como a Asus e Motorola também devem oficializar o sistema nas próximas semanas. Com a disponibilização das versões Beta, no entanto, alguns programadores também resolveram explorar o Android 12 e disponibilizaram uma ROM personalizada e funcional para dispositivos da Xioami.

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!