O governador do estado da Califórnia, Gavin Newson, assinou neste fim de semana uma lei que proíbe a comercialização de novos pequenos motorizados a gasolina — incluindo sopradores de folha e cortadores de grama. O texto da lei se baseia numa iniciativa de combate às emissões de poluentes que originam dos SOREs (Small off-road engines), agora regulados pela Comissão de Recursos Aéreos do Estado.

A Lei 1346 determina que pessoas físicas e instituições estaduais apenas adquiram pequenos motorizados de energia limpa, no máximo, a partir de 2024. A medida é mais uma etapa na meta da Comissão, cuja tarefa é de preservar o meio ambiente ao “implementar estratégias para alcançar a redução de poluentes em até 100% dos equipamentos” até 2035.

publicidade

Segundo o projeto, os pequenos motorizados emitem altas taxas de poluentes, incluindo óxidos de nitrogênio (NOx), material particulado (PMs) e gases orgânicos reativos (ROGs), que juntos, atuam na formação de ozônio. Diferente da camada estratosférica, a concentração do gás na faixa terrestre é responsável pelo chamado “smog fotoquímico”, que, segundo o CETESB, é altamente tóxico.

“Regulamentações de emissões dos SORE não foram tão rigorosas quanto as regulamentações de outros motores, e uma hora de operação de um soprador de folhas pode emitir tanto ROG e NOx quanto dirigir 1.100 milhas [ca. 1.770 km] em um novo carro tripulado”, afirma o documento.

Pequenos motorizados emitiam até 125 toneladas de ROGs por dia

A Lei de regulamentação de cortadores de grama e pequenos equipamentos da Califórnia não é a primeira medida do estado para controlar a emissão de poluentes. Pouco mais de um ano atrás, o estado havia aprovado uma ordem executiva para a proibição de carros à gasolina até 2035. Agora, é a vez dos dispositivos motorizados.

Segundo a Lei 1346, as emissões de poluentes estavam maiores que a de veículos leves de passageiros em 2020. Os pequenos motorizados emitiam 16,8 toneladas de óxidos de nitrogênio e 125 toneladas de gases orgânicos reativos por dia.

Imagem: Aleksandra Ignateva/Shutterstock

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!