Quem investe no bitcoin voltou a notar uma forte recuperação na cotação da criptomoeda, que ultrapassou recentemente o valor de US$ 60 mil. A moeda digital, inclusive, é a mais popular no Brasil, utilizada em 77% dos pagamentos com ativos digitais.

Com o cenário positivo, o especialista em investimentos Jonathan Camargo relembrou um post de 2018 em que classificava o bitcoin como irrelevante: “Aos especialistas de bitcoin! Qual o uso do bitcoin na economia mesmo?”, diz o tuíte.

publicidade

Na postagem, o analista fez questão de publicar na semana passada que o erro lhe custou 2.350% em retorno.

Atualmente, Camargo também aponta pelo menos dois usos práticos para o bitcoin: o primeiro deles é como forma de pagamento em operações financeiras e também como reserva.

“Sim, eu já fui muito contrário às criptos! Errei e confesso que errei, sou humano. Resolvi aprender e mudei completamente meu pensamento!”, avaliou o assessor de investimentos.

Camargo também afirmou no microblog que já faz um tempo desde que mudou de ideia e decidiu comprar bitcoins.

Leia mais:

Desconfiança ao bitcoin

Bitcoin
Bitcoin está ganhando espaço entre os investidores tradicionais. Imagem: rzoze19 / Shutterstock

Vale notar que além do analista, muitos investidores também estão olhando para o bitcoin de forma menos crítica que no passado. Há alguns anos, a criptomoeda chegou a ser apontada como uma bolha e que jamais poderia ser um meio de troca semelhante ao dinheiro tradicional.

Marcelo Lopez, gestor sênior de carteiras e de fundos da L2 Capital, foi um dos que também mudou a forma como enxerga o bitcoin. Lopez aponta que o ativo digital “acabou com a necessidade do lastro e eliminou a terceira parte (os bancos), cortando custos e acelerando o processo de transferência de recursos”.

O mesmo também ocorre nos EUA, onde grandes investidores como o bilionário Stanley Druckenmiller também se arrependem de não ter investido antes no bitcoin.

Fonte: Portal do Bitcoin

Créditos da imagem principal: Momentum Fotograh/Shutterstock

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!