Após clamor popular, o icônico arcade de Tóquio (Japão) da SEGA, Ikebukuro Gigo, será reaberto em um novo local. O lendário fliperama fechou no final de setembro após 28 anos de operação, devido ao vencimento do contrato de locação e aos planos de reforma do próprio prédio. O último dia de funcionamento do estabelecimento gerou aglomeração de milhares de fãs (relembre no vídeo abaixo), que se reuniram para visitá-lo por uma última vez.

O anúncio foi feito pela própria desenvolvedora por meio do Twitter. O projeto de reabertura no distrito comercial é chamado de “Ikebukuro Project” e conta com três espaços de arcades foram confirmados até o momento. O primeiro deles é um fliperama de cinco andares com jogos de garra, videogames e um café. A localização da primeira unidade, inclusive, é bastante curiosa: o prédio é imediatamente na frente do antigo Gigo.

publicidade

Com as fotos da nova localização, a SEGA também confirmou a data de reabertura do arcade: 22 de outubro de 2021. Ainda não há informações sobre os outros 2 volumes do projeto.

Relembre a despedida do arcade da SEGA

No dia 20 de setembro, um mês após o anúncio de encerramento dos trabalhos do Ikebukuro Gigo, milhares de fãs se reuniram na entrada do local para visitá-lo por uma última vez – o que gerou grande aglomeração em uma das principais ruas do bairro de Toshima, em Tóquio.

Um misto de jogadores e entusiastas emocionados celebraram o legado do local gritando que “deveria ser tombado como um marco histórico”. Um outro grupo de pessoas trouxe uma placa que dizia (em japonês): “Obrigado por 28 anos”. Já os funcionários usaram camisetas no último dia de expediente com a mesma mensagem de agradecimento, enquanto diversos alto-falantes na rua tocavam a música ‘Hotaru no Hikari’, da banda Ikimono-gakari.

A canção, que em português significa “A Luz do Vaga-lume” (tradução literal), é comumente tocada em estabelecimentos japoneses pouco antes de fechar. Vale ressaltar que a música também extremamente conhecida por ter sido a 5ª música de abertura do anime ‘Naruto Shippuden’. Confira a despedida dos fãs no vídeo abaixo:

Após a contagem regressiva para o fechamento final do arcade, o gerente do estabelecimento subiu no topo de uma escada para fazer um discurso, contando a história do Ikebukuro Gigo. Com incríveis nove andares, o icônico fliperama foi considerado, desde 1993, um local obrigatório para turistas entusiastas de jogos e japoneses em geral. Em 2013, a SEGA investiu no histórico patrimônio gamer e modificou a estrutura para inserir o logo da marca na fachada.

Entretanto, o fechamento da unidade em especial foi por motivos que a fabricante “não poderia controlar” – nada relacionado a eventuais problemas financeiros, reestruturação dos negócios ou consequências da pandemia de Covid-19, por exemplo. De acordo com o próprio gerente do arcade, a situação foi gerada pelo fim do acordo de concessão do prédio, que passará por renovações.

Leia mais:

“Se estivesse em meu poder, gostaria de ficar aberto para sempre neste local e saudar os rostos felizes de nossos maravilhosos clientes”, disse o empresário do local que serviu de lançamento de diversos títulos, além de abrigar fliperamas e outros equipamentos que agradavam turistas e moradores locais. “Infelizmente, neste momento, o que aconteceu foi que arcade precisou fechar”.

Vale lembrar que a SEGA, uma das forças mais dominantes na indústria de games, vendeu 85% da divisão de arcades além do fechamento da unidade de Akihabara, de acordo com dados de novembro de 2020.

Fontes: gamesindustry.biz e Anime News Network

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!