A empresa aeroespacial norte-americana Rocket Lab anunciou a intenção de recuperar o primeiro estágio de seu foguete Electron em seu próximo lançamento, que deve ocorrer a partir da base da empresa na península Mahia, na Nova Zelândia, a partir de 11 de novembro.

O voo, que tem o codinome “Love at First Insight”, colocará em órbita dois satélites de observação terrestre para a empresa BlackSky. O primeiro estágio do foguete retornará à Terra com a ajuda de paraquedas e cairá no Oceano Pacífico, a cerca de 320 km da costa. 

publicidade

Ele será levado de volta às instalações da empresa para inspeção, fornecendo dados que ajudarão a transformar futuros Eletron em foguetes parcialmente reutilizáveis. Segundo o Space.com, a Rocket Lab já recuperou o primeiro estágio de duas outras missões, a “Return to Sender“, em novembro de 2020, e a “Running out of Toes“, em maio deste ano.

Demonstração de recuperação de primeiro estágio de um foguete Electron, neste caso solto de um helicóptero em grande altitude. Fonte: Rocket Lab

A novidade desta vez é que a descida do primeiro estágio do Electron será acompanhada por um helicóptero, algo que não aconteceu nas outras tentativas. Eventualmente, a Rocket Lab espera usar o helicóptero para “pescar” o primeiro estágio em pleno ar antes que atinja o oceano, um processo que chama de “captura aérea”.

“Aperfeiçoamos a descida controlada do Electron, demonstramos a abertura perfeita do pára-quedas e retiramos estágios do oceano com sucesso. Agora estamos nos preparando para o próximo desafio – usar um helicóptero para pegar um foguete que retorna do espaço para a Terra “, disse o fundador e CEO da Rocket Lab, Peter Beck, em um comunicado.

Leia mais:

“É ambicioso, mas com cada missão de recuperação, iteramos e refinamos o hardware e os processos para tornar o impossível comum”, disse Beck. “Estou animado para pegar o que aprendemos com este lançamento e colocá-lo em prática com missões de captura aérea no futuro.”

Além do acompanhamento na descida, o Electron usado na Love at First Insight terá um sistema de proteção térmica aprimorado e um para-quedas avançado, que será aberto a uma altitude maior que nas missões anteriores.

Já assistiu aos novos vídeos noYouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!