Segundo a Nasa, os trajes dos astronautas que vão à Lua durante as missões do Programa Artemis terão mais mobilidade, serão feitos com revestimentos mais modernos e vão acomodar vários tipos de corpos.

A agência espacial americana divulgou recentemente um vídeo, detalhando o processo de atualização das roupas, que serão duas: uma com detalhes vermelhos, brancos e azuis (xEMU Suit), específica para caminhar na superfície da Lua; e outra que é uma versão mais moderna das “abóboras” – chamadas aqui de “Orion Crew Survival System” – os trajes de cor laranja usados por astronautas entre 1981 e 2011, na era do ônibus espacial.

publicidade

Leia também

“Com mobilidade aprimorada, nossos astronautas serão capazes de movimentos mais ágeis, como nunca antes viram”, diz a narração do vídeo acima, com pouco mais de um minuto de duração.

Um detalhe interessante é o de que a xEMU será mais receptiva a corpos diferentes: uma das dificuldades enfrentadas pela Nasa durante a caminhada externa 100% feminina na Estação Espacial Internacional (ISS), em 2019, foi justamente o ajuste do traje atual (o EMU, ou Extravehicular Mobility Unit) para mulheres menores. Com os novos trajes espaciais, as astronautas mais baixinhas não precisarão passar por isso.

Dois detalhes interessantes, contudo, foram omitidos do vídeo acima: primeiramente, ele não faz distinção entre as duas novas roupas, e você precisa prestar um pouco mais de atenção para saber de qual o narrador está falando. O outro é o fato de que o desenvolvimento da xEMU está bem atrasado, e ela provavelmente não ficará pronta até a data prevista para o primeiro pouso do programa – na missão Artemis III, atualmente prevista para 2024.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!