As plataformas de streaming estão se degladiando por assinantes e, obviamente, os esportes são um dos meios de conseguir os clientes. Agora, nesta guerra, foi a vez da Disney de vencer a concorrência. A companhia do Mickey Mouse fechou contrato, nesta segunda-feira (8) com cinco ligas de futebol da América do Sul.

Os campeonatos nacionais do Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela serão exibidos pela Disney no Brasil através da plataforma de streaming Star+. Eventualmente, os jogos também vão passar nos canais de televisão a cabod a companhia, a ESPN e o Fox Sports.

publicidade

Leia mais:

Anteriormente, a Disney já tinha os direitos do Campeonato Argentino. É a primeira vez que o mercado brasileiro recebe quatro das cinco competições. Apenas o Campeonato Uruguaio já havia recebido transmissões pontuais, em clássicos, na televisão brasileira.

De acordo com o site Notícias da TV, a Disney realizou a compra para ser a detentora da maior quantidade de jogos exibidos da América do Sul em todo o continente. A companhia contratou ainda o ex-jogador chileno Jorge Valdivia, ídolo do Palmeiras, para comentar as partidas de seu país.

Palmeiras disputa Recopa
Palmeiras é o atual campeão da Libertadores, competição transmitida pelos canais Disney Foto: A.RICARDO/Shutterstock

Curiosamente, a empresa adquiriu os direitos do Campeonato Brasileiro para transmissão fora do país. Dentro do Brasil, quem pode exibir partidas do Brasileirão nas plataformas de streaming é o HBO Max. A Disney, por sua vez, pode passar a Libertadores, tanto masculina quanto feminina.

Recentemente, o serviço de streaming tentou comprar os direitos de transmissão do Campeonato Paulista, mas acabou perdendo para a plataforma da WarnerMedia. Na divisão dos estaduais, a Rede Globo ficou apenas com o Campeonato Pernambucano para transmissão na televisão aberta.

A tendência atual é que o canal de TV também deixe a competição em 2023, pois deseja focar em competições maiores, como a Libertadores da América, Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro da Série A e B.

Via: Notícias da TV

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal.