O WhatsApp está adicionando cada vez mais funcionalidades como rede social e agora está testando as comunidades, um sistema em que é possível reunir grupos com interesses em comum dentro de um mesmo ambiente.

Ao contrário dos grupos convencionais, as comunidades dão mais autonomia para os administradores, sendo possível inclusive criar um novo ambiente de conversação fechado apenas para alguns usuários selecionados dentro da comunidade principal.

publicidade

De acordo com o WABetaInfo, especializado em analisar códigos de aplicativos, essa não é a primeira vez que as comunidades são citadas, mas mais do que nunca elas agora parecem estar perto de chegar no WhatsApp, já que efetivamente já aparecem sendo testadas.

Imagem: WABetaInfo

Comunidades no WhatsApp

As comunidades ficam reunidas dentro do app padrão, assim como um grupo. Os administradores podem trazer usuários de outros grupos que sejam de interesse, como por exemplo um curso de graduação que pode reunir turmas diferentes em um mesmo ambiente.

Leia mais:

Para se diferenciar dos grupos, as comunidades aparecem com um ícone ligeiramente diferente, sendo quadrado ao invés de redondo, como em conversas tradicionais. Mais ferramentas para os administradores também estão sendo desenvolvidas, mas ainda não há detalhes sobre isso.

Assim como outros testes do tipo, não é possível saber quando as comunidades vão chegar para todos os usuários do WhatsApp (e nem se isso vai realmente acontecer). Mas ao que tudo indica, os testes estão avançando rapidamente.

Recentemente, o mensageiro liberou para todos os usuários a função de permitir login em múltiplos dispositivos. A principal vantagem da nova função é poder conectar diversos dispositivos sem a necessidade manter o smartphone conectado na internet. Antes, se a conexão do aparelho principal caísse, todas as outras também paravam de funcionar.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal.