A próxima geração de placas de vídeo da Nvidia pode ter o dobro de desempenho das atuais Geforce RTX 3000. A empresa estaria trabalhando em novos modelos RTX 4000 baseados na arquitetura ‘Lovelace’ – a provável substituta da arquitetura Ampere.

De acordo com o leaker Greymon55, em seu Twitter, a Nvidia pode adotar a arquitetura Lovelace na linha RTX 4000. Seguindo a lógica dos modelos disponíveis no mercado, a placa topo de linha deve ser a RTX 4080. Segundo o usuário, os componentes serão lançados pela Nvidia no último trimestre de 2022.

publicidade

Apesar das suposições do usuário, a afirmação que as novas GPUs terão o dobro de potência dos modelos atuais é um tanto quanto contraditória. Ainda que o avanço tecnológico esteja cada vez mais rápido, o desempenho obtido pela atual linha 3000 já é algo impressionante e que ainda não foi totalmente explorado pelo mercado.

Leia também

Desempenho exigirá alto consumo de energia

A última vez que vimos um salto tão grande de processamento gráfico foi quando a Nvidia migrou da arquitetura Maxwell para a Pascal, presente nas GPUs das linhas 1000 e 2000. O custo energético deste processamento também não deve ser algo simples, o que sugere que os novos modelos RTX 4000 podem chegar à marca dos 500W de consumo.

O aumento do custo energético deve ser realidade na próxima geração de hardwares. Conforme vimos com a nova geração de processadores Alder Lake da Intel, desempenho de ponta ficará cada vez mais caro nos computadores. Além disso, recentemente novas informações sugerem que a RTX 3090 Ti, modelo entre gerações e que deve chegar ao mercado ainda em 2021, deve contar com custo energético de 450W, cerca de 30% a mais que a 3090 atual.

Além do maior consumo de energia, os rumores dizem que a RTX 3090 Ti trabalhará com poucas mudanças nos núcleos CUDA, chegando ao montante de 10.572 deles. Por outro lado, a memória deve ganhar um aumento na velocidade, com o GDDR6X indo até 21 Gbps – contra 19,5 Gbps da atual RTX 3090.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!