A plataforma de streaming Disney+ foi lançada há dois anos e soma 118,1 milhões de assinantes em todo o mundo. O serviço chegou ao resultado no final do mês de setembro, mas a quantidade não é bem o que a empresa do Mickey Mouse esperava. Houve uma desaceleração significativa no crescimento de novos clientes no terceiro trimestre.

Esses 118,1 milhões de clientes pagantes são apenas 2,1 milhões a mais do que o total dos três meses anteriores. O valor também é significativamente menor do que a previsão. O Disney+ esperava adicionais mais 10,2 milhões de assinantes à sua base.

publicidade

Leia mais:

Apesar do crescimento menor que o previsto frustrar a empresa, o total de assinantes é 60% maior do que o número registrado no anterior, quando tinha 73,7 milhões de pessoas registradas. Além disso, o segundo trimestre teve mais que o dobro dos 57,5 milhões de assinantes que o serviço tinha no mesmo período de 2020.

Mesmo com o resultado menor, Bob Chapek, presidente executivo da Walt Disney, afirmou que a empresa está satisfeita com o desempenho dos serviços de streaming. Ele ainda acrescentou confiança em alcançar o objetivo de ter entre 230 e 260 milhões de assinantes no Disney+ até o final do ano fiscal de 2024.

computador com a tela ligado no disney+
Para atrair novos clientes, a Disney está com uma promoção de R$ 1,90 no primeiro mês. Imagem: Shutterstock

Além desta plataforma, a empresa tem o ESPN+ e o Hulu. Os dois encerraram o terceiro trimestre com, respectivamente, 17,1 milhões e 43,8 milhões de assinantes. Para os clientes brasileiros, existe ainda a opção de um pacote, ou assinatura separada, do serviço de streaming Star+.

A Walt Disney observou, ainda, que o consumo D2C, ou direto ao consumidor, teve um aumento de receitas de 38% no trimestre, chegando a US$ 4,6 bilhões. O prejuízo operacional foi de US$ 400 milhões para US$ 600 milhões, por causa de maiores custos de programação e produção, marketing e tecnologia.

De todo modo, para atrair mais assinantes, a Disney+ disponibiliza, até este domingo (14), uma promoção para novos clientes. Quem comprar o serviço neste período vai pagar R$ 1,90 pelo primeiro mês. Depois da primeira mensalidade, porém, o valor volta para R$ 27,90 por mês.

Via: Broadband TV News

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!