A jornalista Cristiana Lôbo, da Globo News, morreu nesta quinta-feira (11), aos 64 anos, vítima de mieloma múltiplo, um tipo de câncer na medula óssea. Ela estava internada no hospital Albert Einstein, em São Paulo. Entenda o que é essa doença.

Segundo a Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia, o mieloma múltiplo é um tipo de câncer de sangue que começa na medula óssea. Ele afeta os plasmócitos, que atuam no corpo para prevenir infecções. A doença se origina quando ocorre um erro no momento em que os linfócitos B estão se diferenciando.

publicidade

Saiba o que é o mieloma múltiplo

“Como na maior parte dos casos de câncer, quanto antes o mieloma múltiplo for diagnosticado, melhor”, disse a presidente da Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia, Merula Steagall.

A detecção rápida é fundamental no combate da doença. Apesar de ser mais comum em idosos com mais de 60 anos, esse tipo de câncer pode aparecer também em jovens e adultos abaixo desta faixa etária.

Alguns casos podem ser assintomáticos, em que o paciente não percebe que tem o câncer e só detecta em exames de rotina. “Atualmente, para o paciente sintomático, as classes terapêuticas existentes trazem excelentes resultados: quimioterapia, transplante de medula óssea autólogo, imunomoduladores, inibidores de proteassoma e até mesmo a imunoterapia”, explica o onco-hematologista Breno Gusmão, integrante do Comitê Médico da Abrale.

Atualmente, o mieloma múltiplo é extremamente raro, afetando cerca de 10% dos pacientes com câncer hematológicos, ou seja, das células do sangue. Já quando comparado a todos os tipos de câncer, a porcentagem é de apenas 1%.

Leia também!

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!