O CEO da Tesla, o bilionário Elon Musk, decidiu vender mais ações da montadora de carros elétricos esta semana. Segundo a Reuters, foram negociados US$ 687 milhões em papéis da companhia.

Conforme os documentos regulatórios, os papéis eram ações detidas por um dos fundos de investimentos da empresa. Com a flutuação dos preços, os registros mostram que Musk levantou cerca de US$ 4 bilhões com o negócio.

publicidade
Logomarca da Tesla; Elon Musk decide vender mais ações da Tesla.
Na última semana Musk também postou no Twitter que estaria disposto a vender 10% de suas ações da Tesla. Imagem: Vitaliy Karimov/Shutterstock

Contudo, existe um motivo por trás da decisão. O executivo disse que terá que se desfazer de um grande número de ações ao longo deste trimestre. O motivo? Cobrir a cobrança tributária.

Segundo o The New York Times, Musk será obrigado a pagar ​​impostos pesados sobre essas ações se não as vender. “Eles são uma bomba relógio tributária”, explicou Brian Foley, consultor de remuneração. “De imediato, não consigo pensar em nenhuma maneira de contornar o pagamento do imposto”, acrescentou.

Tudo começou quando Musk recebeu quase 23 milhões de opções de ações em 2012, que devem expirar em 2022. Quando isso acontecer, segundo o especialista, ele pode ser obrigado a pagar até US$ 10 bilhões em impostos devido à forma como as opções foram estruturadas. 

Leia mais:

Após enquete no Twitter, Musk também vendeu US$ 1,1 bi em ações da Tesla

Considerado atualmente como a pessoa mais rica do planeta, na última semana Musk postou em sua página pessoal no Twitter que estaria disposto a vender 10% de suas ações da Tesla caso seus seguidores apoiassem a ideia.

Após o resultado de uma enquete no microblog — 57,9% dos mais de 3,5 milhões de participantes votaram “sim” e 42,1% votaram “não” — ele vendeu cerca de US$ 1,1 bilhão em papéis que recebeu como parte de seu pacote de compensação. Decisão que, inclusive, impactou no valor das ações da montadora, que chegaram a cair cerca de 10%.

Além de “satisfazer obrigações fiscais”, Musk declarou que honraria os resultados da pesquisa, que surgiu em meio a discussões sobre um “imposto de bilionário”: “Muito se fala ultimamente de ganhos não realizados serem um meio de evasão fiscal, então eu proponho vender 10% de minhas ações da Tesla”, escreveu o executivo.

Créditos da imagem principal: Naresh777/Shutterstock

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!