O power bank compacto Apollo Ultra da Elecjet conta com uma bateria “aprimorada com grafeno” de 10.000mAh e 37Wh. Segundo a página da Elecjet no Indiegogo, o power bank pode ser carregado a 100W, e carregar outros aparelhos a 87W através de uma entrada USB-C e uma USB 3.0.

Para ter uma ideia do que esses números significam, a maioria das baterias de 10.000mAh conseguem fornecer um carregamento de no máximo de 18W. Os power banks que chegam até 65W são modelos grandes, enquanto o Apollo Ultra mede apenas 130 mm de altura, 68 mm de largura e 17 mm de espessura.

publicidade

Quanto à parte de “bateria aprimorada com grafeno”, o que a Elecjet faz é usar um processo químico para fazer “células compostas de grafeno”. Eles misturam uma solução de grafeno com o lítio no cátodo e acrescentam camadas de grafeno ao revestimento do ânodo. Essas células compostas oferecem menor resistência e maior condutividade térmica, então o Apollo Ultra pode ser carregado cinco vezes mais rápido que outros power banks.

Segundo a Elecjet, seu power bank pode ser 100% carregado em 27 minutos, e carregar um iPhone em 7 minutos. O dispositivo conta ainda com um display que mostra a porcentagem exata de energia disponível. Segundo um review do Engadget, uma carga cheia do Apollo Ultra pode carregar cerca de dois terços da bateria de um MacBook Air, carregar a bateria de um Nintendo Switch duas vezes, ou a bateria de um smartphone até três vezes.

Leia mais:


O power bank Apollo Ultra custa US$65 (cerca de R$355 na cotação atual) na página do Indiegogo, e a Elecjet estima que os aparelhos começarão a ser enviados para os compradores em janeiro de 2022.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!