Fale o que quiser dos grandes estúdios de cinema, mas em quase 30 anos de vida e um acervo enorme de filmes de desenhos animados assistidos, a Disney nunca errou nessa categoria. Claro, há melhores e piores, mas a fórmula para emocionar o público não tem mistério. Músicas para dar o tom da cena, personagens coloridos e vibrantes, uma história de amizade ou família e pronto. ‘Encanto’ tem isso tudo. E até mais.

É curioso lembrar, pelo menos para mim, que na infância eu não chorava tanto com filmes. Era um fenômeno raro. Acabou que me tornei a adulta que se emociona muito mais com animações. Apesar de ter uma avó como uma das personagens centrais da trama, eu prometo que você não vai desidratar de tanto chorar em ‘Encanto’ como qualquer ser humano com um pingo de emoção fez em ‘Viva – A Vida é uma Festa’. Mas você vai chorar. Ou pelo menos deveria.

publicidade

Leia mais:

Logo de cara, ‘Encanto’ apresenta como a família Madrigal chegou e fundou a cidade de Encanto, nas montanhas colombianas, e se estabeleceu. Ali, Alma criou os três filhos e viu a chegada dos netos. Uma delas é Mirabel. Ainda na infância, os membros da família recebem um dom mágico, dado pela vela que salvou Alma e os trigêmeos quando migravam até o local.

Mas, quando chega sua vez, Mirabel não recebe dom nenhum. Na mesma época, o tio Bruno, cujo poder é ver o futuro, faz uma profecia e some. A família não fala mais nele e Mirabel se contenta com o que tem, apesar de ver as duas irmãs, Luisa e Isabela com poderes. A primeira tem uma superforça, enquanto a segunda produz flores.

É logo nas duas irmãs que ‘Encanto’ já mostra boas lições. Luisa é sempre muito requisitada, jamais podendo parar de ajudar a vila em que moram. Ela não consegue descansar ou mesmo reclamar o próprio espaço. Quando finalmente confessa a Mirabel que está sobrecarregada, Luisa passa a sentir o poder diminuir. Para quem é adepto a metáforas, a personagem é aquele membro da família que sustenta todo o peso do mundo nos ombros, mas que ninguém olha como alguém também com sentimentos.

Encanto
Todos na família Madrigal tem poderes, menos Mirabel. Imagem: Disney/Divulgação

A outra é Isabela, considerada pela avó Alma como a mais perfeita. Curiosamente, vale abrir aqui o parênteses, a família Madrigal é composta majoritariamente por pessoas de cabelos cacheados (o que animou bastante esta que vos escreve). Isabela é a única com longos cabelos lisos. É interessante pensar como isso se encaixa socialmente, já que houve um tempo em que a padronização dos fios levou tantas pessoas a alisarem quimicamente e agora estamos em uma época que cada vez mais meninas e meninos passam a aceitar a forma natural das madeixas.

Mas, voltando à personagem. Isabela e Mirabel não se dão bem. É quando Mirabel começa a investigar o que está enfraquecendo a magia da casa Madrigal que as duas finalmente conversam abertamente e Isabela mostra que, apesar de ser considerada a flor da família, também tem espinhos. Assim como Luisa, é o momento de libertação da garota.

Os outros membros da família são Julieta e Agustín, os pais das três meninas, que sempre demonstram mais cuidado com a caçula, já que ela não tem poderes. O pai, sem poderes, é também o grande defensor de Mirabel e a mãe consegue curar tudo com uma boa comida. Há ainda tia Pepa, irmã de Julieta e com poderes relacionados ao tempo, e tio Félix. Eles são pais de três também, sendo o caçula Antonio o mais próximo e amigo de Mirabel. Dolores e Camilo completam a família.

Encanto
E mesmo sem poderes, é ela quem vai tentar resolver o problema com os dons dos familiares. Imagem: Disney/Divulgação

Não dá para esquecer tio Bruno. Com a casa Madrigal ruindo e a vela que dá os dons à família se apagando, Mirabel é quem vai tentar resolver os problemas, mesmo sem poderes. Na busca, ela encontra o tio desaparecido. Bruno sofria diversas críticas da mãe Alma. Os dois logo criam uma identificação, já que a matriarca nunca demonstoru tanto carinho com a protagonista, e é com a ajuda dele que Mirabel tenta solucionar tudo.

É aí que o filme mostra que na fraqueza, os membros da família Madrigal encontram apoio uns nos outros, quando antes tinham receio de pedir ajuda. Assim até soa como mais um “a união faz a força”, mas não é bem isso. Está mais para algo como não desprezar ninguém, mesmo que aquele pareça não ter nada a oferecer. Claro, vou tentar aqui não dar spoilers, porque vale muito a pena assistir a ‘Encanto’.

Confira trailer e sinopse de ‘Encanto’:

‘Encanto’ da Walt Disney Animation Studios conta a história dos Madrigal, uma família extraordinária que vive escondida nas montanhas da Colômbia, em uma casa mágica, em uma cidade vibrante, em um lugar maravilhoso conhecido como um Encanto. A magia deste Encanto abençoou todos os meninos e meninas da família com um dom único, desde superforça até o poder de curar. Todos, exceto Mirabel. Mas, quando ela descobre que a magia que cerca o Encanto está em perigo, Mirabel decide que ela, a única Madrigal sem poderes mágicos, pode ser a última esperança de sua família excepcional

‘Encanto’ estreia nos cinemas brasileiros na próxima quinta-feira (25). O longa chega à plataforma de streaming Disney+ (sem Premier Access) no dia 24 de dezembro. O musical tem canções de Lin-Manuel Miranda, nome por trás de ‘Moana – Um Mar de Aventuras’ e é dirigido por Byron Howard e Jared Bush, dupla que esteve à frente de ‘Zootopia – Essa Cidade é o Bicho’, e produzido por Clark Spencer e Yvett Merino.

O elenco de voz original em inglês da animação inclui Stephanie Beatriz como Mirabel; María Cecilia Botero como Alma, a avó de Mirabel, também conhecida como Abuela; Angie Cepeda e Wilmer Valderrama como os pais de Mirabel, Julieta e Agustín; e Diane Guererro e Jessica Darrow como as irmãs de Mirabel, Isabela e Luisa. Também emprestam suas vozes Carolina Gaitán e Mauro Castillo como os tios de Mirabel, Pepa e Félix; e Adassa, Rhenzy Feliz e Ravi Cabot-Conyers como os primos de Mirabel, Dolores, Camilo e Antonio, respectivamente. John Leguizamo é o tio Bruno.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!