A Amazon anunciou a abertura de três novos centros de distribuição no país entre setembro e outubro deste ano. A iniciativa, segundo a gigante do varejo, chega para atender uma das dores do consumidor: o desejo crescente de receber suas encomendas o mais rápido possível. 

Pedido da Amazon sendo entregue ao consumidor; Amazon abre novos centros mirando entregas mais rápidas no Brasil
A estratégia também deve ajudar a contornar outro problema, os atrasos nas entregas. Fato que figura entre as principais reclamações dos clientes da Amazon. Imagem: No-Mad/Shutterstock

Sobre a novidade, Ricardo Pagani, diretor de operações da Amazon no Brasil, declarou: “Analisamos onde está o nosso cliente, para posicionar nossos centros e produtos mais próximos a eles e conseguir entregar em até dois dias*”.

publicidade

* A Amazon não informa quantas encomendas são entregues no prazo de até dois dias, se limitando a dizer que mais de 700 cidades contam com essa modalidade de entrega Prime.

Um desses novos centros, o décimo segundo no Brasil, fica no estado do Ceará, no município de Itaitinga. Outro foi instalado em Pernambuco, em Cabo de Santo Agostinho. Inaugurados em outubro, ambos visam ampliar e melhorar a logística da empresa na região Nordeste — o terceiro, inaugurado em setembro, fica no Rio de Janeiro, em São João de Meriti.

Veja também

Vale ressaltar que a Amazon não é a única a apostar na ideia. Outras varejistas também investiram em novos centros. É o caso da Magalu (Magazine Luiza), que já possui 185 centros de distribuição e pontos de estoque espalhados pelo Brasil.

Por fim, a Amazon também revela que busca outras soluções de logística para implementar no Brasil. Dentre as ideias, estão pontos de coleta e até o uso de armários inteligentes, em que os próprios consumidores podem recolher suas encomendas em locais específicos.

“Nos Estados Unidos e na Europa, deixam as compras até no porta-malas dos carros”, disse Pagani. “O bom é que não é preciso reinventar a roda, podemos trazer de forma eficiente essas soluções para o Brasil”, finalizou o executivo.

Via: Uol

Imagem: Sundry Photography/Shutterstock

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!