Mais uma mudança no PIX começa a valer nesta segunda-feira (22). Dessa vez em um parâmetro ligado a regra de segurança que limita o valor das transações noturnas. Agora, o Banco Central (BC) vai diminuir as opções de horário que o usuário pode escolher como faixa de restrição.

Até então, essa faixa de horário, disponível para pagamentos de até R$ 1 mil entre pessoas físicas, era de 20:00 às 6:00. Conforme o perfil de cada cliente, era possível alterar esse período para começar mais tarde, ou seja, em qualquer horário entre 20:00 e 23:59.

publicidade
PIX: BC altera regra de transações noturnas; confira o que muda
Mais uma mudança no PIX começa a valer nesta segunda (22). Imagem: Divina Epiphania/Shutterstock

Entretanto, a partir de agora isso não será mais possível. Essa janela de tempo será de apenas duas opções: a tradicional, ou seja, de 20h às 6h ou das 22h às 6h.

Segundo o BC, a enorme quantidade de opções disponíveis antes acabava complicando a operação do sistema de pagamentos instantâneos. Vale ressaltar que não há restrição para transferências e pagamentos via PIX para empresas nesses horários. 

Veja também

Outras novidades no PIX

Após completar um ano na última terça (16), também entrou em vigor um recurso que agiliza a devolução de dinheiro para vítimas de golpe ou falhas operacionais, o ‘Mecanismo Especial de Devolução’. Agora, transações suspeitas também podem ser retidas por 30 minutos durante o dia e 1 hora no período da noite.

Por fim, o PIX Saque e PIX Troco, dupla que permitirá receber troco ou efetuar saques no varejo através do sistema de pagamentos, também começam a funcionar em novembro. Também há a possibilidade de expandir o uso do sistema para pagamentos em outros países no médio prazo.

Quer saber mais? Confira também as novas regras do PIX que visam aprimorar os mecanismos de segurança e análise de fraudes do sistema.

Imagem principal: Brenda Rocha – Blossom/iStock

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!