O histórico Cabo Canaveral, na Flórida, será usado pela NASA para mais um lançamento: a fabricante de foguetes Astra foi contratada pela agência espacial americana para alçar um foguete ao espaço, mas ainda não foram divulgados o objetivo da missão ou a sua data e hora de voo.

A Astra é conhecida por construir foguetes de bom custo-benefício, voltados ao envio de satélites de pequeno porte. Recentemente, a empresa baseada na Califórnia chegou à órbita pela primeira vez durante um voo de teste conduzido em parceria com o exército dos Estados Unidos.

Leia também

Imagem mostra um lançamento em conjunto entre a NASA e a Astra, startup de fabricação de foguetes
A startup de fabricação de foguetes Astra é conhecida por criar veículos de bom custo benefício, destinados ao envio de satélites de pequeno porte ao espaço (Imagem: Astra/Divulgação)

Embora os detalhes sejam um segredo por enquanto, especula-se que o lançamento seja a missão ELaNa 41, que ambiciona levar cinco satélites CubeSat para a órbita da Terra. A NASA já havia convocado a Astra para essa missão, como parte do programa Educational Launch of Nanosatellites, com previsão de voo para “fim de 2021/início de 2022”.

publicidade

De acordo com a página oficial da agência, o programa é “uma empolgante iniciativa criada pela NASA para atrair e reter estudantes de disciplinas de ciência, tecnologia e matemática”.

Independente de ser algo referente ao programa educacional ou não, a missão com a NASA aproxima a Astra de um objetivo há muito ambicionado pela empresa – o de expandir suas opções de lançamento para outros lugares. Costumeiramente, a Astra realiza seus voos a partir de uma base instalada na ilha de Kodiak, no Alasca.

Vale lembrar, porém, que apesar da próxima missão da Astra sair do Cabo Canaveral, ela não usará a plataforma 39A – aquela de onde saíram vários voos do programa Apollo e contará, futuramente, com lançamentos da Starship da SpaceX. Ao invés disso, a Astra ficará com o “Complexo de Lançamento 46”.

“Esse local histórico de lançamentos vem sendo preparado para um novo parceiro comercial em menos de um ano, o que é uma conquista tremenda para o nosso time misto e ilustra como o SLD 45 vem ditando o ritmo de acesso ao espaço”, disse o General de Brigada Stephen Purdy, comandante do esquadrão Space Launch Delta 45, em comunicado.

Tanto a Astra como o comandante prometem atualizações em um futuro próximo, sem detalhar exatamente quando elas devem chegar.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!