O Olhar Digital transmite ao vivo o lançamento do Telescópio James Webb na manhã deste sábado (25) de Natal. Primeiramente, ele estava programado para decolar no fim de outubro. Depois, a NASA bateu o martelo para a data de 18 de dezembro. No entanto, uma falha em um cabo de transmissão de dados do foguete precisou ser corrigida, o que acabou adiando a missão para o dia 22. No último sábado, porém, foi anunciado que o lançamento teria sua data modificada novamente – dessa vez, para o dia 24. E, agora, ficou para o sábado (25) – se não mudarem outra vez!

Assista na live programada no YouTube do Olhar Digital:

publicidade

Foram 25 anos de desenvolvimento. Mais de R$ 56 bilhões gastos. Capacidade para observar eventos que aconteceram há bilhões de anos. Não é a toa que o JWST é considerado, além da mais cara, uma das missões mais importantes na história da agência espacial norte-americana, a Nasa.

Confira o especial sobre o Telescópio Espacial James Webb!

Para a equipe envolvida com o promissor equipamento, esses atrasos são mínimos diante de toda a espera. O desenvolvimento do telescópio começou em 1996, com o lançamento inicialmente previsto para 2007. No entanto, numerosos atrasos e um estouro no orçamento forçaram um redesenho significativo em 2005. Sua construção foi terminada em 2016, e ele está em testes desde então.

Leia mais:

Quem está envolvido no projeto James Webb

Além da Nasa, a Agência Espacial Europeia (ESA) e a Agência Espacial Canadense (CSA) são parceiras no projeto. A ESA está fornecendo os instrumentos NIRSpec e o conjunto óptico do MIRI, o foguete Ariane 5 e sua base de lançamento em Kourou, na Guiana Francesa, e pessoal em operações de suporte. A CSA fornece o FGS/NIRISS e também pessoal para operações de suporte.

Após o lançamento, a operação do JWST será realizada pelo Instituto de Ciência do Telescópio Espacial (STScI, Space Telescope Science Institute), localizado em Baltimore, no estado norte-americano de Maryland. O Instituto já é responsável pela operação do Hubble e será responsável também pelo Telescópio Espacial Nancy Grace Roman, outro telescópio infravermelho em desenvolvimento pela Nasa, que tem lançamento previsto para 2027.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!